13/04/2021 14h56 - Atualizado em 14/04/2021 08h16

Polícia Militar dá detalhes sobre evento realizado por motociclistas em Vitor Meireles

Segundo a PM, havia cerca de 1000 pessoas no local, muitas delas sem máscara

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Fotos: Polícia Militar de Vitor Meireles

Fotos: Polícia Militar de Vitor Meireles

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Uma ocorrência atendida pela Polícia Militar em Vitor Meireles durante o fim de semana segue dando o que falar nas redes sociais. Segundo informações divulgadas pela Demais FM, a guarnição da Polícia Militar foi acionada na manhã do último domingo (11) para averiguar um evento que reunia motociclistas no município de Vitor Meireles. Segundo o denunciante, o mesmo infringia o decreto estadual de combate a Covid-19. Ao chegar no local, os militares constataram o que de fato dizia o autor da denúncia, sendo que a PM lavrou um Termo Circunstanciado contra o organizador e encerrou o evento por volta das 09h.

 

Na manhã do dia seguinte, segunda-feira (12), os meios de comunicação do Alto Vale passam a divulgar a ocorrência como tantas outras que recebemos diariamente em nosso plantão policial. Ao decorrer do dia, o locutor oficial do evento emite um vídeo de “esclarecimento”, falando que o encontro de motociclistas seguiu TODAS as normas sanitárias de prevenção ao Coronavírus e de que a mídia local estaria fazendo sensacionalismo em cima do tema. Com base na versão divulgada pelo locutor do evento, e nos comentários de simpatizantes do motociclismo, além de demais pessoas que estiveram no local e deixaram sua opinião nos comentários da publicação do referido locutor, o Jornalismo da Rádio Educadora decidiu entrar em contato com a Polícia Militar de Vitor Meireles para saber o que, de fato, aconteceu no local.

 

Em contato com a PM, recebemos a resposta de que o “trilhão” aconteceu na localidade de Alto Palmito e que haviam mais de 300 motociclistas no local. Somado ao número dos demais presentes, o evento tinha quase 1000 participantes. Sobre o encerramento do encontro, a Polícia Militar afirma que pediu para que os organizadores terminassem o evento naquele mesmo instante, fato esse que foi aceito, porém desobedecido, já que o próprio locutor do evento afirma no vídeo divulgado nas redes sociais de que deixou o local por volta das 11h30, momento este em que a própria polícia já não estava mais na comunidade. Um dos policiais que atendeu a ocorrência comentou ainda que a ação foi toda gravada e fotografada pelos militares, uma vez que havia muita aglomeração e muitas pessoas circulando no salão sem nenhuma das medidas sanitárias.

 

Fotos feitas no local mostram a aglomeração de pessoas. Devido a grande quantidade de pessoas sem máscara, desfocamos os rostos para preservar sua identidade.

 

A Polícia Militar de Vitor Meireles reitera que o responsável vai responder pelo Crime do artigo 268 do Código Penal: “Infringir determinação do poder público,  destinado a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.”


FONTE: RÁDIO EDUCADORA 90,3 FM / COM INFORMAÇÕES DA POLÍCIA MILITAR DE VITOR MEIRELES

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE