11/05/2020 16h56

Operação Oxigênio: MP-SC pediu prisão de Douglas Borba e mais 7, mas Justiça negou

Tribunal de Justiça de SC derrubou nesta segunda-feira (11) o sigilo de Informações sobre investigações da força-tarefa que apura a compra de respiradores

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

Além de busca e apreensão e bloqueio de bens, cujos mandados foram cumpridos no fim de semana pela Operação Oxigênio, o Ministério Público de SC chegou a pedir a prisão temporária de oito pessoas, entre eles do ex-secretário da Casa Civil, Douglas Borba.

 

Os outros nomes são Samuel de Brito Rodovalho, Leandro Adriano de Barros, Pedro Nascimento de Araújo, Rosemary Neves de Araújo, Gilliard Gerent, Fábio Deambrósio Guasti e Davi Perini.

 

A Justiça, no entanto, negou os pedidos. O conteúdo do despacho foi tornado público nesta segunda-feira (11), com a decisão do Tribunal de Justiça de SC de derrubar o sigilo sobre as informações.

 

Fonte: ND+

 
PUBLICIDADE