01/08/2021 10h55 - Atualizado em 01/08/2021 17h02

Fotógrafo morre atropelado em evento de motociclismo em Lontras

O homem chegou a ser atendido pelos socorristas do helicóptero arcanjo, mas morreu a caminho do hospital

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
PUBLICIDADE
Delta Ativa

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

CLIQUE AQUI

 

Um acidente em um evento de motociclismo matou um fotógrafo na manhã deste domingo (1°) na cidade de Lontras. Pedro Souza, de 66 anos, fotografava a etapa da Copa Serra Litoral de Velocross, quando tentou atravessar a pista e foi atropelado por uma motocicleta.

 

Pedro Souza atuava há 40 anos no meio do motociclismo – Foto: Reprodução/Redes Sociais/ND

Pedro Souza atuava há 40 anos no meio do motociclismo (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

O homem chegou a ser atendido pelos socorristas do helicóptero arcanjo. Segundo divulgado pelo Corpo de Bombeiros Militar, o fotógrafo teve uma parada cardiorrespiratória, chegou a ser reanimado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

 

Pedrinho, como era conhecido, atuava há mais de 40 anos no cenário de motovelocidade. Ex-piloto e mecânico, Pedro trabalhava como fotógrafo das competições. Pedrinho era natural de Vidal Ramos, mas morava atualmente em Joinville. Ainda não há informações sobre o velório e enterro do ex-piloto.

 

Pelas redes sociais, amigos, familiares e companheiros das pistas lamentaram a morte do fotógrafo. A Federação Catarinense de Motociclismo chegou a divulgar uma nota lamentando a morte do catarinense.

 

A organização da Copa Serra Litoral de Velocross, evento em que Pedrinho trabalhava, não se manifestou sobre a fatalidade.

 

Confira a nota da Federação Catarinense na íntegra:

 

Com profundo pesar que noticiamos o falecimento o Pedrinho Street Show ocorrido hoje (01), durante a 3ª etapa da Copa Serra Litoral na cidade Lontras.

 

Ex-piloto, mecânico e fotógrafo, era uma figura presente em quase todas as etapas de Velocross e Motocross pelo estado de Santa Catarina.

 

Infelizmente durante a travessia de pista o mesmo envolveu-se em um acidente com o piloto Mirko André do Santos, Pedrinho foi encaminhado para o Hospital, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

 

A Federação Catarinense de Motociclismo (FCM) se solidariza aos familiares e amigos.


FONTE: ND+

SIGA AS REDES SOCIAIS DA RÁDIO EDUCADORA: INSTAGRAMFACEBOOK YOUTUBE
PUBLICIDADE