13/02/2020 15h47 - Atualizado em 13/02/2020 17h34

Compra de lâmpadas de emergência feita pela Câmara de Taió é questionada por vereadores da oposição

Caso será averiguado pela equipe do Presidente Tiago Maestri

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

Na última Sessão Ordinária da Câmara Legislativa de Taió, um fato foi levantado durante a tribuna livre, onde três vereadores questionaram a compra de lâmpadas de emergência.

 

Segundos eles, o valor estava acima do valor de mercado, além de ter sido adquirida em outro município, totalizando aproximadamente quatro mil reais.

 

Questionado sobre o tema, o presidente da casa Tiago Maestri respondeu a nossa reportagem, que esses assuntos geralmente são solucionados e tratados pela sua equipe.

 

 “Tenho um time aqui, pagamos para fazer a gestão da casa, confio em cada um que, trabalha aqui, e esses assuntos menores sempre deixo na mão deles, mas se algum erro for encontrado, o responsável será identificado e terei que tomar as medidas cabíveis. Assumi a presidência da câmara com o dever de fazer o correto e estou fazendo, desde o início da minha gestão, já foi devolvido a prefeitura municipal, mais de um milhão de reais de economia, a maior economia e devolução da câmara de vereadores da história, e devemos chegar a 1,5 milhões até dezembro desse ano. Tiramos a câmara de Taió, da segunda que mais gastava de diárias dos 28 municípios do Alto Vale para a penúltima. Criamos uma boa relação entre prefeitura e câmara de vereadores, o que nas últimas três gestões, existia muito conflito entre os poderes, agilizando a tramitação dos projetos na casa.” Disse Tiago.

 

Tiago afirmou ainda que, esse assunto poderia ter sido questionado pelos três vereadores com ele, pois sempre está disponível para dialogar e ser questionado se preciso for.

 

“Só espero, que esse assunto não seja tratado como palanque eleitoral, com objetivo de denegrir a imagem da câmara de vereadores e minha gestão, pois prova disso foram as aprovações que já tivemos pelo tribunal de contas nos dois primeiros anos de mandato.” Finalizou o presidente Tiago.

PUBLICIDADE