12/09/2020 11h39 - Atualizado em 12/09/2020 11h47

Ituporanguense, técnico Itamar Schülle recebe oferta e deixa o Santa Cruz

Schülle negocia ida para time da Série B

PUBLICIDADE
Fonte: Globo Esporte / Superesporte/Wikipedia (Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco)

Fonte: Globo Esporte / Superesporte/Wikipedia (Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Em meio à caminhada na busca por uma vaga à Série B do Brasileiro, o Santa Cruz perdeu o técnico Itamar Schülle. É que o treinador pediu para sair do clube após receber uma nova proposta de um time da Segunda Divisão. Marcelo Martelotte vai substitui-lo no cargo, iniciando a quarta passagem pelo Arruda.

 

“Estou saindo por alguns motivos de família, particular para estar mais próximo da família, e também porque recebi uma proposta muita boa da Série B – disse o treinador em entrevista ao ge, sem revelar de onde veio a oferta que resolveu aceitar”, diz.

 

Ainda segundo o clube coral, o treinador pagará a multa rescisória, conforme está estabelecido em contrato. O técnico não deu detalhes sobre o novo clube, mas a reportagem do ge apurou que seu destino na Série B será no Oeste.

 

Confira, na íntegra, o pronunciamento do ex-comandante coral: 

 

“O Santa Cruz foi um clube no qual me fez sentir em casa. Um local onde pude sentir um carinho imenso por parte da torcida, atletas, funcionários e diretoria. Tive a honra de ser treinador de um clube de tamanha grandeza. Mas na vida temos que fazer escolhas e pesa quando algumas situações de cunho profissional e pessoal não vão conforme planejado e é necessária a mudança. 
 
Antes de dinheiro tenho uma família na qual depende de mim para sobreviver e todo o meu suor no dia a dia é para dar as melhores condições para eles e isso pesou bastante nesta minha decisão, pois já tinham surgido outras propostas e mesmo assim segui abraçando o projeto 
 
saio de cabeça erguida, cumprindo com minhas obrigações como sempre fiz e com a consciência tranquila de que o meu melhor e meu máximo foi dado por esse clube. 
 
Um abraço para toda torcida do Santa Cruz do Tio Chico.”
 
Histórico
 

Natural de Ituporanga, como jogador profissional, o maior destaque da carreira de Itamar foi o título catarinense atuando pelo Brusque, em 1992. Iniciou sua carreira de treinador no Alto Vale, em 2002. Em seguida rodou por diversos clubes, sendo a maioria de Santa Catarina e Rio Grande do Sul como: São Bento, Nacional-PR, Juventus-SC, Metropolitano-SC, Figueirense, São Carlos-SP, Joinville, Rio Branco-PR, São Luiz-RS, Brasil de Pelotas, Criciúma, Botafogo-PB, Pelotas.

 

 Em 2011 comandou o São José de Porto Alegre e o Brusque. Em 13 de março de 2012 foi demitido do Novo Hamburgo e poucos minutos depois foi anunciado como novo técnico da Chapecoense. Ainda em 2012, após sua saída da Chapecoense assumiu o Santo André. Voltou a treinar o Novo Hamburgo em 2013 e ficou até setembro de 2014, se transferindo para o Caxias, treinando o clube na Série C 2014. Após uma temporada fraca com o time gaúcho, assinou contrato com o Operário Ferroviário de Ponta Grossa-PR. No time paranaense, Itamar comandou a equipe ao seu primeiro título estadual: o Campeonato Paranaense de 2015. Em 3 de novembro de 2015, foi anunciado como novo técnico do Botafogo-PB.

 

Para a reta final da Série B de 2017 foi anunciado como treinador do ABC, com a missão de evitar o rebaixamento do clube. Após empate com o Guarani e com o provável rebaixamento do Mais Querido, Itamar deixou o cargo de treinador do ABC. Treinou ainda Cuiabá, Vila Nova e o Santa Cruz.

 

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE