29/06/2021 10h35

Sob 2°C, Ypiranga-RS e Figueirense empatam em jogo gelado na Série C

Duelo fechou a 5ª rodada do Grupo B na Série C; Figueirense soma apenas uma vitória em cinco jogos na competição

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Patrick Floriani / FFC

Foto: Patrick Floriani / FFC

PUBLICIDADE
Delta Ativa

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

CLIQUE AQUI

 

Com a temperatura próxima do 0°C, Ypiranga e Figueirense fizeram um jogo, literalmente, gelado. Também por isso o resultado não passou de um 0 a 0 de poucas emoções, na noite desta segunda-feira (28), em Erechim (RS).

 

Com o resultado o Furacão chegou aos 6 pontos e é 7º no Grupo B da Série C. O Ypiranga se manteve na vice-liderança do grupo que é, nesse momento, capitaneado pelo Criciúma, de Paulo Baier.

 

História do jogo

 

Mais próximo da zona do rebaixamento que do G4, o Figueirense desceu ao Rio Grande do Sul ciente da necessidade de vencer.  O adversário, contudo, sugeria respeito.

 

Vice-líder do Grupo B com três vitórias em quatro jogos, o time de Erechim não reúne a experiência e a história do Furacão do Estreito. A campanha até aqui, no entanto, se apresentou mais próspera para o time gaúcho.

 

O duelo

 

O time da casa saiu na frente, senão no placar, na postura. Dono do estádio e da melhor campanha, o Ypiranga tomou as ações da partida nos primeiros minutos. Foram, pelo menos, quatro escanteios em intervalo menor que 15 minutos.

 

Nada disso, no entanto, foi convertido em gol. O Figueirense, aos poucos, foi equilibrando as ações e, se não conseguiu agredir o time da casa, parou de correr riscos.

 

Em noite gelada no Norte do Rio Grande do Sul, quem saiu perdendo foi o futebol praticado pelas equipes que foi de muita entrega, muita marcação, mas também de muitos erros.

 

2º tempo

 

Na segunda etapa o início da partida foi muito parecido com o da primeira: Ypiranga com seu time adiantado onde, ao longo de pouco menos de 20 minutos o time Canarinho pressionou o Figueirense ainda que seja pouco contundente.

 

O Figueirense não conseguiu mudar muito seu futebol, mas viu o adversário cansar. Da metade final para o segundo tempo o time passou a dominar as ações e, com a bola, começou a ameaçar seu adversário.

 

Nada, no entanto, que aproximasse o Furacão da vitória. A melhor chance aconteceu depois do tempo regulamentar, em falta cobrada pelo lateral André Krobel: a bola foi no ângulo para linda defesa de Deivity, na melhor chance de todo o jogo.

 

Destaque para o termômetro na cidade de Erechim: marcava 2°C no momento do apito final.

 

Como fica

 

Com o resultado o Figueirense chegou aos seis pontos somados em cinco jogos. O Furacão, com apenas uma vitória na competição, ainda está a três pontos do G4.

 

Já o Ypiranga, com o empate, manteve a vice-liderança do Grupo B que, nesse momento, é comandado pelo Criciúma, de Paulo Baier.

 

Próxima parada

 

O Figueirense volta a campo na outra segunda-feira (05), diante do Ituano, mais uma vez fora de casa. O jogo está agendado para às 20h, mais uma vez.

 

Já o Ypiranga também entra em campo na próxima rodada, no entanto, dois dias antes: encara o Oeste, em São Paulo, no sábado. O jogo está marcado para às 11h.

 

FICHA TÉCNICA

 

Ypiranga: Deivity; Muriel, Douglas, Kanu e Jonathan; Mikael, Clayton e Silvano (Erick); Sodré (Luis Felipe), Dico (Léo Santos) e Quirino. Técnico: Júnior Rocha.

 

Figueirense: Rodolfo Castro; André Krobel, Rayne, Lucas Cezane; Renan Luís; Dener, Khevin e Oberdan; Andrew (Roberto), Bruno Paraíba e Diego Tavares (Denner Barbosa). Técnico: Jorginho Cantinflas.

 

Cartões amarelos: Muriel, Quirino (YPI); André, Lucas Cezane, Bruno Paraíba (FIG)

Arbitragem: Grazziani Maciel Rochar (RJ); auxiliado por Dainel de Oliveira Alves Pereira (RJ) e Rafael Gomes Rosa (RJ).

Local: estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS). Data: 28/06/21


POR: DIOGO DE SOUZA – ND+

SIGA AS REDES SOCIAIS DA RÁDIO EDUCADORA: INSTAGRAMFACEBOOK YOUTUBE.

 

 
PUBLICIDADE