26/07/2021 10h50

Marcílio Dias fica no empate sem gols com o Caxias pela Série D

Equipes tiveram oportunidades claras, mas não conseguiram balançar as redes em Itajaí

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Bruno Golembiewski / CNMD

Foto: Bruno Golembiewski / CNMD

PUBLICIDADE
Delta Ativa

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

CLIQUE AQUI

 

Em jogo com oportunidades claras desperdiçadas, Marcílio Dias e Caxias (RS) ficaram no empate sem gols na tarde deste sábado (24), no estádio Doutor Hercílio Luz, o Gigantão das Avenidas, em Itajaí. O duelo foi válido pela oitava rodada da Série D do Campeonato Brasileiro, partida que deu início ao returno da competição para as equipes. Jogando em casa, o Marinheiro não conseguiu dar o troco da última derrota no Rio Grande do Sul.

 

Com o empate, o Marinheiro entrou novamente no G4 do Grupo A8 e ocupa parcialmente o quarto lugar com nove pontos. Em oito partidas, a equipe de Itajaí coleciona duas vitórias, três empates e três derrotas. Já o Falcão Grená permaneceu na terceira colocação e chegou aos 12 pontos. Em oito confrontos, o time gaúcho tem um retrospecto de três vitórias, três empates e duas derrotas.

 

Primeiro tempo:

 

Mesmo jogando em casa, a equipe do Marcílio Dias não conseguiu se impor na primeira etapa e, com isso, o Caxias implementou grande superioridade em Itajaí. Como visitante, a equipe gaúcha não sentiu pressão e coordenou o jogo como se fosse mandante. O Falcão Grená ampliou a marcação logo nos minutos iniciais e não deixava o Marinheiro jogar. Os jogadores marcilista mal conseguiam ficar com a bola e quando tinham a posse, devolviam facilmente para o adversário.

 

Logo no primeiro minuto de jogo, o goleiro do Marinheiro, Victor Hugo, precisou se esforçar para impedir o que seria o primeiro gol do jogo. A zaga da equipe gaúcha lançou a bola para o ataque e o zagueiro marcilista, Luan, tirou muito mal entregando a bola no pé do adversário. O camisa 9 do time gaúcho, Michel, foi lançado ao ataque, driblou o defensor Rafael Klein, e quando estava de frente para o gol, Victor Hugo cresceu e fez uma linda defesa com o peito.

 

Após notar que o Marinheiro não conseguia se impor no confronto, o Falcão Grená mais uma vez partiu com perigo para o ataque. Aos 10 minuto, o atacante Kelvin foi lançado pela ponta esquerda, cruzou para dentro da área. A bola passou por toda zaga marcilista, sobrou em Michel que, mesmo impedido, bateu mascado na trave.

 

Somente aos 16 minutos de jogo, o time de Itajaí conseguiu a primeira finalização na meta adversária. O volante Moisés, estreando com a camisa do Marinheiro, recebeu a bola pelo meio e, na hora da finalização, não caprichou e mandou a bola muito longe.

 

Já aos 33, foi a vez novamente do Caxias atacar o Rubro-Anil. O atacante Michel recebeu bola pelo meio, limpou o marcador e, na batida forte e rasteira, a bola foi tranquila para a defesa de Victor Hugo.

 

Já nos minutos finais, a equipe do Marinheiro reagiu na partida. Aos 35, o volante Julinho fez linda jogada pela ponta direita, driblou dois marcadores, cruzou para dentro da área, mas ninguém chegou para complementar para dentro do gol e bola foi para a linha de fundo.

 

Depois disso, o Marcílio Dias conseguiu ter mais a posse de bola e consequentemente o controle de jogo. A equipe chegou até criar outros ataques, mas não consegui balançar as redes e foi para o intervalo sem alteração no placar.

 

Etapa final

 

Assim como o primeiro tempo, a etapa final começou com o mesmo desfecho. Logo nos primeiros minutos o Caxias teve outra oportunidade clara de gol. Mais um vez em um lance perigoso, o atacante Michel foi lançado na área, ganhou da corrida do zagueiro Luna e, na hora da finalização, novamente o goleiro Victor Hugo cresceu e parou o chute do camisa 9.

 

Já aos 9 minutos foi a vez do Marinheiro reagir e quase abrir o placar em Itajaí. Em jogada pela ponta direita, Julinho arrancou e, entre os zagueiros, deu passe para o atacante David Batista, que dominou a bola, limpo a marcação e chutou com força. A bola passou raspando a trave direita do goleiro Marcelo Pitol e os jogadores marcilista ficaram sem acreditar.

 

Depois disso, foi só. O restante do segundo tempo tempo ficou praticamente todo concentrado pelo meio e as equipes não conseguiram sair do 0 a 0.

 

Sequência

 

Agora o Marcílio Dias descansa e inicia preparação para encarar o Esportivo (RS) fora de casa. O duelo está marcado para o próximo sábado (31), a partir das 19h, no estádio Montanha dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul. Já o Caxias recebe o vice-líder Joinville, no estádio Centenário, no domingo (1°). A bola rola a partir das 15h, também no estado gaúcho.


POR: ÁLVARO JOSÉ – ESPORTE SC

SIGA AS REDES SOCIAIS DA RÁDIO EDUCADORA: INSTAGRAMFACEBOOK YOUTUBE
PUBLICIDADE