30/04/2020 09h20

Luiz Henrique Ribeiro renuncia à presidência do Tubarão

Obrigações administrativas do clube seguem a cargo do diretor executivo Joca Zapolli

PUBLICIDADE
Fonte: Globo Esporte

Fonte: Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Luiz Henrique Ribeiro informou nesta quarta-feira, por meio das redes sociais, sua renúncia da presidência do Tubarão. O dirigente estava no cargo há quatro anos, mas desde o janeiro de 2020 se afastou do clube por conta de um tratamento médico, o que impedia dedicação total às atividades executivas do dia a dia.

 

– Eu teria muitas coisas a dizer e agradecer em razão desta intensa experiência que vivi, mas neste momento em que me retiro em definitivo do clube para cuidar da minha saúde e da minha família, a palavra correta é gratidão – diz um dos trechos do comunicado do agora ex-presidente do Peixe. (Leia o relato completou no fim da matéria)

 

As obrigações administrativas do Tubarão seguem a cargo do diretor executivo Joca Zapolli, que já estava na função durante o período de afastamento de Luis Henrique. O departamento de futebol permanece sob o comando de Abel Ribeiro, enquanto a formação com Rafaelle Messina.

 

O Tubarão, assim como os demais clubes do futebol de Santa Catarina, aguarda pela definição sobre a retomada do estadual. O Peixe fez a pior campanha na primeira fase e, por isso, disputa contra o Concórdia o mata-mata do rebaixamento.

 

Além de não ter data definida, os times também não sabem se de fato a competição vai ter continuidade após o veto do governador Carlos Moisés sobre o pedido de jogos com portões fechados a partir de 16 de maio.

 

Abaixo a nota de Luis Henrique Ribeiro

 

Amigos e amigas do futebol, por motivo de saúde hoje renunciei ao cargo de diretor presidente do Tubarão.

 

Para quem nunca imaginou ser gestor de um clube de futebol, esta oportunidade foi de fato uma bela jornada.

 

Agradeço a todos que estiveram ao meu lado nesta caminhada. Todos! Um a um, desde meus sócios, todos os atletas que passaram pelo clube, treinadores, funcionários, patrocinadores, conselheiros, torcedores, membros da imprensa, dirigentes, colegas da SC Clubes, árbitros, autoridades, dentre outros que posso ter esquecido.

 

Eu teria muitas coisas a dizer e agradecer em razão desta intensa experiência que vivi, mas neste momento em que me retiro em definitivo do clube para cuidar da minha saúde e da minha família, a palavra correta é gratidão.

 

Saio com a certeza de que sempre dei o meu melhor dentro das minhas possibilidades. Obrigado a todos os amigos e amigas que fiz em razão do futebol!

 

Fecho este ciclo com a certeza de ter muito aprendido e contribuído com o futebol de Tubarão e de Santa Catarina.

 

Continuo firme na luta. Tubarão está e sempre estará no meu coração.

 

Forte abraço a todos!

PUBLICIDADE