09/01/2021 08h59

Avaí vence o Brasil em Pelotas (RS) e segue vivo na briga pelo acesso

Atacante Vinícius Leite marcou já na reta final da partida e mantém o Leão vivo na briga por uma vaga na Série A

PUBLICIDADE
Brasil e Avaí se enfrentaram sob forte calor em Pelotas (Foto: Carlos Insaurriaga/GE Brasil)

Brasil e Avaí se enfrentaram sob forte calor em Pelotas (Foto: Carlos Insaurriaga/GE Brasil)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O Avaí venceu o Brasil (RS), e o forte calor de 36 °C de Pelotas, por 1 a 0 e segue vivo na briga pelo acesso. O atacante Vinícius Leite marcou o único gol da partida aos 38’ minutos da segunda etapa.

 

Com o resultado a equipe catarinense chega a sétima posição na tabela, ficando a cinco do Juventude, a primeira equipe do G-4. O Leão ainda pode ser ultrapassado pelo Sampaio Corrêa, que recebe o Cruzeiro nesta sexta-feira (08).

 

 

A diferença para o grupo de acesso pode aumentar para seis pontos caso o CSA derrote o Figueirense em Florianópolis.

 

Avaí começa melhor

 

Se não foi brilhante tecnicamente, até mesmo pelo forte calor no estádio Bento Freitas em Pelotas (RS), o Avaí foi melhor e teve ao menos três boas chances para sair na frente do placar no primeiro tempo.

 

O técnico Claudinei Oliveira surpreendeu e entrou com um esquema com três zagueiros. Defensivamente o Leão se portou bem e não foi ameaçado pela equipe da casa.

 

Logo aos dez minutos, Valdívia levantou na grande área, Diego Ivo desviou e a bola sobrou para Getúlio que, sozinho, de frente para o goleiro, acabou finalizando para fora.

 

Dois minutos depois o Leão voltou a assustar. Ronaldo achou bom passe para Edilson pela ponta direita, o lateral avançou e apenas escorou para trás para Ralf chutar de primeira de fora da área. A bola acabou desviando na zaga e passando perto do gol.

 

A temperatura elevada obrigou o árbitro Rodrigo Batista Raposo a fazer uma parada técnica para hidratação dos atletas aos 28 minutos. No retorno o Avaí quase marcou com Pedro Castro. O volante azurra arriscou chute rasteiro de fora da área e a bola passou triscando a trave do Brasil de Pelotas.

 

A equipe gaúcha teve muitas dificuldades para furar a defesa do Leão e conseguiu a primeira finalização apenas aos 41 minutos com o lateral Felipe. Em bola levantada na grande área, ele recebeu de Matheus Oliveira e chutou forte por cima do gol de Glédson.

 

Expulsão e pressão do Avaí

 

Na volta do intervalo o Leão quase abriu o placar logo aos cinco minutos. Edilson levantou na grande área, Ronaldo antecipou o zagueiro e cabeceou rente à trave de Rafael Martins.

 

Avaí pressionou o Brasil e conseguiu o gol com Vinícius Leite – Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C

Avaí pressionou o Brasil e conseguiu o gol com Vinícius Leite (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.)

O lance que, de certa forma, definiu a partida aconteceu aos 12’. Em dividida, o volante Rafael Vinícius chegou de sola no tornozelo de Ralf e foi expulso direto, deixando o Avaí com um jogador a mais por mais de 30 minutos.

 

Com a superioridade numérica, Claudinei Oliveira abriu mão do esquema com três zagueiros e entrou com Rômulo, Renatinho e Vinícius Leite nas vagas de Alan Costa, Ralf e Getúlio. A mexida foi decisiva para o placar.

 

O Leão seguia rondando a área da equipe gaúcha, mas conseguiu marcar apenas na reta final da partida.

 

Em boa trama começando do lado esquerdo e terminando pelo lado direito, Edilson acionou Rômulo já dentro da grande área, ele bateu cruzado, Rafael Martins espalmou e a bola se ofereceu para Vinícius Leite pegar bonito de primeira para abrir o placar. Foi o primeiro gol do atacante com a camisa do Avaí.

 

O Brasil-RS ainda tentou um “abafa” já nos acréscimos, mas em momento algum chegou a ameaçar o gol de Gledson.

 

Tabu quebrado

 

Se o fato talvez se mostre um tanto quanto irrelevante diante da importância do resultado, o Avaí quebrou um tabu de 20 anos com a vitória. O Leão não vencia o Brasil jogando em terras gaúchas desde 2000, ainda na Copa João Havelange, quando venceu por 2 a 0.

 

Próximo desafio

 

O Avaí volta a campo na próxima quarta-feira (13) quando recebe o Vitória (BA) no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Já o Brasil-RS recebe o Juventude na terça-feira (12), no estádio Bento Freitas.

 

FICHA TÉCNICA:

BRASIL-RS 0x1 AVAÍ

 

Brasil (RS): Rafael Martins; Felipe, Heverton, Diego Ivo e Bruno Santos (Rodrigo Ferreira); Sousa, Pablo, Rafael Vinícius e Matheus Oliveira (Wellissol); Matheuzinho e Luiz Henrique (Luiz Felipe). Técnico: Cláudio Tencati

 

Avaí: Glédson; Edilson, Alemão, Alan Santos (Vinícius Leite), Betão e João Lucas; Ralf (Renatinho), Pedro Castro e Valdívia (Leandrinho); Getúlio (Rômulo) e Ronaldo (Jonathan). Técnico: Claudinei Oliveira.

 

Gol: Vinícius Leite (AVA) aos 38’ do segundo tempo

Cartões amarelos: Matheuzinho (BRA); Getúlio (AVA), Edilson (AVA) e Renatinho (AVA)

Cartão vermelho: Rafael Vinícius (BRA)

Arbitragem: Rodrigo Batista Raposo (DF) auxiliado por Leila Naiara Moreira da Cruz (DF) e Lucas Costa Modesto (DF)

Local: estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)


POR: IAN SELL – ND+

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE