08/01/2021 09h26 - Atualizado em 08/01/2021 09h27

WhatsApp vai suspender contas que não aceitarem compartilhar dados com o Facebook

Por enquanto, quando a janela com os novos termos é exibida, é possível clicar em “Agora Não” para que ela desapareça

PUBLICIDADE
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Na última quarta-feira (06), o WhatsApp começou a avisar seus usuários sobre as mudanças nos termos de uso e políticas de privacidade. As diretrizes, que entram em vigor em 8 de fevereiro, chamaram bastante atenção por um detalhe: não será mais possível impedir que a troca de dados entre o mensageiro e o Facebook ocorra.

 

A empresa deixa claro que, a partir da data em que os novos termos serão implementados, será obrigatório aceitar a troca de informações entre as plataformas. Caso os usuários não concordem com isso e não cliquem para aceitar as mudanças, a conta será suspensa. Isso fará com que seja impossível usar o mensageiro até que os utilizadores concordem com as novas regras. 

 

Novos termos citam mudanças na forma como o compartilhamento de informações entre o WhatsApp e Facebook é feito (Foto: Olhar Digital)

Novos termos citam mudanças na forma como o compartilhamento de informações entre o WhatsApp e Facebook é feito (Foto: Olhar Digital)

Por enquanto, quando a janela com os novos termos é exibida, é possível clicar em “Agora Não” para que ela desapareça. No entanto, o conteúdo da mensagem é bem claro. Além de detalhar as mudanças trazidas pelas novas diretrizes, o texto indica que o usuário “deverá aceitar as atualizações para continuar usando o WhatsApp”.  

 

Também é oferecida a opção de acessar “a Central de ajuda se preferir apagar sua conta e desejar obter mais informações”.  

 

WhatsApp Business 

 

A mudança também afeta a maneira com que as empresas que utilizam a versão corporativa do mensageiro gerenciam os dados dos clientes. Será possível que algumas dessas companhias compartilhem informações coletadas com suas contas corporativas na rede social de Mark Zuckerberg.  

 

Vale lembrar que os dados citados podem incluir números de telefone, nomes, aparelho utilizado e algumas outras informações. As conversas e mídias continuam totalmente protegidas, não sendo compartilhadas com ninguém – já que, segundo a própria rede social, a criptografia de ponta a ponta é utilizada. 


FONTE: UOL / VIA: OLHAR DIGITAL

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

 

PUBLICIDADE