22/09/2020 09h11

SBT dispensa Roberto Cabrini após 10 anos no Conexão Repórter

Jornalista e emissora não renovaram contrato iniciado em 2009

PUBLICIDADE
O jornalista Roberto Cabrini, dispensado pelo SBT (Foto: Divulgação/SBT)

O jornalista Roberto Cabrini, dispensado pelo SBT (Foto: Divulgação/SBT)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

SBT dispensou Roberto Cabrini após 10 anos à frente do premiado programa Conexão Repórter. A emissora e o jornalista não entraram em acordo sobre a renovação contratual e romperam a parceria iniciada em 2009, quando Silvio Santos tirou o profissional da Record.

 

As informações são do jornalista Flávio Ricco, do portal R7. A saída de Cabrini representa a segunda “grife” do jornalismo que o SBT perde no mesmo mês, já que o contrato de Rachel Sheherazade, apresentadora do SBT Brasil há nove anos, também não será renovado.

 

Cabrini retornou ao SBT em agosto de 2009 como editor-chefe e apresentador do novo programa jornalístico da emissora. O Conexão Repórter conquistou 11 prêmios desde sua estreia, em março de 2010.

 

Nesta segunda-feira (21), o programa levará ao ar a segunda parte de uma reportagem investigativa sobre o médium Kléber Aran, acusado de abuso sexual e outros crimes.

 

Jornalista desde os 16 anos, Cabrini foi contratado pelo SBT em 1989, como diretor do departamento de esportes. A cobertura da Fórmula 1, mesmo sem ter os direitos de transmissão, chamou a atenção da Globo, que o recontratou em 1992. Na emissora, foi o primeiro a noticiar a morte de Ayrton Senna (1960-1994).

 

Na segunda passagem pelo SBT, Cabrini ganhou o Troféu APCA pela entrevista com o ex-presidente Fernando Collor de Mello, em 1995. Também realizou documentários no Afeganistão e no Iraque que lhe renderam o Prêmio Vladimir Herzog, em 1996, e o 14º Prêmio de Direitos Humanos da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos, em 1997.

 

FONTE: NA TELINHA – UOL

 

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE