11/09/2020 15h17 - Atualizado em 11/09/2020 15h26

SBT contrata Téo José para narrar Libertadores

Emissora transmitirá competição sul-americana a partir da próxima semana

PUBLICIDADE
Fonte: Na Telinha (Foto: Reprodução/SBT)

Fonte: Na Telinha (Foto: Reprodução/SBT)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Téo José aceitou proposta do SBT e está deixando a Disney para ser a voz principal da Libertadores na emissora de Silvio Santos. O narrador assinará contrato nas próximas horas por dois anos e estará na transmissão de Bolivar (BOL) x Palmeiras, na quarta (16), às 21h30. O jogo vai marcar a abertura da competição no canal, que comprou os direitos junto à Conmebol e anunciou o fato nesta tarde. O contrato também vai até 2022.

 

Segundo apurou o UOL Esporte, a Disney foi comunicada do fato por volta das 20h desta quinta. O nome de Téo José era visto como o ideal para essa nova empreitada. Além disso, o veterano já é conhecido do público do SBT. Além de ter tido uma passagem marcante nos anos 90, o narrador fez a final do Campeonato Carioca entre Flamengo e Fluminense no último mês de julho, em empréstimo realizado pela Disney.

 

Téo José já havia aparecido no SBT e julho, para narrar o Fla-Flu, pela decisão do Campeonato Carioca, porém ainda como contratado do Fox Sports. Na época, o locutor esportivo aceitou o convite por gratidão a Silvio Santos.

 

Pelo acordo com a Conmebol, o SBT transmitirá a Libertadores até 2022. A negociação foi realizada depois que o Grupo Globo rescindiu o contrato com a entidade sul-americana.

 

“Temos o prazer de apresentar o SBT como novo detentor dos direitos televisivos da Conmebol Libertadores para o Brasil. Esta aliança nos permitirá levar a emoção da Glória Eterna a mais torcedores no território brasileiro”, expressou Juan Emilio Roa, Diretor Comercial da entidade sul-americana.

 

“É muito bom poder anunciar esta parceria. Sabemos que o futebol é o esporte mais popular no Brasil e, como somos também uma emissora popular, nada melhor do que podermos voltar às transmissões nacionais com um torneio como a Conmebol Libertadores. Esperamos corresponder às expectativas dos fãs do futebol, do mercado publicitário e de todos aqueles que torcem pelo SBT”, diz José Roberto dos Santos Maciel, CEO do SBT, em comunicado.

 

O acordo garante transmissão em TV aberta de dois jogos da competição às quartas-feiras, inicialmente na faixa das 21h30. A primeira rodada do SBT acontece já na próxima quarta (16), com Bolivar x Palmeiras e Universidad Católica x Grêmio, com transmissão dividida por praças.

 

EhlwQR6WkAAL2GN

 

Assim, o SBT espera estrear com uma equipe minimamente familiarizado aos olhos do telespectador. Pesou a favor dessa situação o fato de o contrato de Téo José com a Disney estar perto do final e não ter tido algum tipo de renovação ou procura da Disney nesse sentido.

 

Agora, as contratações do SBT se voltam para a reportagem e para os comentários. Inicialmente, o nome do jogador Alexandre Pato, genro de Silvio Santos e sem time desde que saiu do São Paulo, foi pensado. Pato gostou da ideia.

 

Téo José tem uma grande história na emissora e retorna após 20 anos fora. Narrou corridas de Fórmula Indy e participou das transmissões dos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, e da Copa do Mundo de 1998. Após sair do SBT, passou por PSN, RedeTV! e Band. Desde 2018, estava no Fox Sports, onde fez a Copa do Mundo da Rússia e jogos da Libertadores.

 

Neste primeiro momento, o SBT não tem o poder de mexer nos horários e apenas herda o que já havia sido escolhido pela Globo. A partir da fase de mata-matas, a emissora de Silvio Santos poderá escolher horários que se adequem melhor a sua grade, incluindo a possibilidade de exibir jogos mais cedo.

 

Por ora, a estreia oficial do canal na Libertadores (Palmeiras x Bolívar) concorrerá com Corinthians x Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, que será mostrado pela Globo no mesmo horário.

 

Na noite desta quinta, o SBT divulgou a Libertadores com uma chamada que chamou a atenção do público nas redes sociais. No anúncio, a bola da competição cai na sede da emissora, em Osasco. 

 

Ehlv4SjX0AA0o8C

 

 

Téo José iniciou sua carreira em emissoras de rádio de Goiânia, destacando-se na narração de Fórmula 1. A carreira na TV começou como repórter da Serra Dourada, afiliada do SBT em Goiás. Depois, migrou para a Manchete e para a Band, onde, além das corridas, também participou de transmissões de futebol e esportes amadores.

 

Especialista em automobilismo, ficou conhecido pelo bordão “Não perde mais”, sempre usado ao final das corridas, quando a vitória de um dos competidores já parece certa. Em 1995, Téo José foi contratado pelo SBT para narrar as corridas da Fórmula Indy (CART), os jogos da Copa do Brasil e as Olimpíadas de Atlanta, em 1996, cujos direitos pertenciam a Silvio Santos.

 

No início dos anos 2000, foi para a PSN, canal esportivo sediado nos Estados Unidos, depois fechou com a RedeTV! e em 2006 voltou à Band. Deixou a TV aberta em 2018 para assinar com o Fox Sports.

 

 

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE