14/09/2021 15h40

Morre o pastor David Yonggi Cho, fundador da maior igreja da Coreia do Sul

Igreja de Cho chegou a ser considerada a maior denominação do mundo

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
David Yonggi Cho (Foto: Hong Chan-sun/AP)

David Yonggi Cho (Foto: Hong Chan-sun/AP)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

CLIQUE AQUI

 

Morreu nesta terça-feira (21) o pastor David Yonggi Cho, fundador da maior igreja da Coreia do Sul, símbolo do crescimento do Cristianismo no país no pós-guerra, aos 85 anos.

 

Cho, um pastor emérito da Igreja Yoido do Evangelho Pleno de Seul, ligada às Assembleias de Deus, morreu em um hospital de Seul, onde havia sido tratado desde que desmaiou devido a uma hemorragia cerebral em julho de 2020, disse a igreja.

 

Ele transmitiu o evangelho de esperança ao povo coreano que caiu em desespero após a Guerra da Coréia”, disse a Igreja em um comunicado. “Ele foi fundamental para o crescimento da igreja coreana, particularmente desenvolvendo a Igreja do Evangelho Pleno de Yoido como a maior igreja do mundo.

 

Mais conhecido como David Yonggi Cho ou Paul Yonggi Cho no exterior, o falecido pastor iniciou sua igreja em Seul com cinco fiéis em 1958, quando a Coréia do Sul ainda lutava para se reconstruir das cinzas da Guerra da Coréia de 1950-53.

 

No ano de 1993, a igreja tinha mais de 700.000 membros, tornando-a a maior congregação do mundo de acordo com o Guinness World Records. Oficiais da Igreja disseram que seu número de membros diminuiu para cerca de 600.000 e que eles não podem confirmar se sua igreja continua sendo a maior do mundo.


FONTE: GOSPEL PRIME

SIGA AS REDES SOCIAIS DA RÁDIO EDUCADORA: INSTAGRAMFACEBOOK YOUTUBE.
PUBLICIDADE