09/06/2021 09h48

Filhote de macaco é adotado em zoológico de SC após ser rejeitado

O filhote de macaco-caranguejeiro nasceu de parto normal, mas seus dois irmãos estranharam a presença do novo integrante da família

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação / Zoológico do Complexo Ambiental Cyro Gevaerd

Foto: Divulgação / Zoológico do Complexo Ambiental Cyro Gevaerd

PUBLICIDADE
Delta Ativa

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

CLIQUE AQUI

 

Iuri é o mais novo habitante do zoológico do Complexo Ambiental Cyro Gevaerd, em Balneário Camboriú. Segundo profissionais do zoo, o filhote de macaco-caranguejeiro nasceu de parto normal, mas seus dois irmãos estranharam a presença do novo integrante da família e por isso a equipe colocou o animal em um ambiente próprio, que foi preparado especialmente para o filhote.

 

“Não podíamos perder tempo. A a decisão foi tomada sendo um grande desafio assumir a responsabilidade de ser a sua nova mãe”, comenta a bióloga Marcia Regina Gonçalves Achutti sobre a tomada de decisão. “A médica veterinária entrou em ação fazendo o atendimento inicial para então levar ao ambiente que foi especialmente preparado para ele, com aquecimento, bichinhos de pelúcia para ele interagir, cobertores, leite especial e mamadeiras”, acrescenta a bióloga referindo-se a veterinária Samara de Oliveira Freitas.

 

A cada duas horas, a equipe se revezada nos cuidados com o macaco: mamadeira, higiene no corpo com algodão morno e troca dos cobertores fazem parte desse processo. Como os cuidados exigiam uma atenção de 24 horas foi decidido que Iuri passaria um período na residência da veterinária. “A equipe reunida novamente entrou na discussão de como cuidar desse animal sem estar se apegando a ele, e ele se apegar a uma pessoa. Várias estratégias foram discutidas para serem colocadas em prática”, explica Márcia, acrescentando que Iuri vai e volta todos os dias para a casa da veterinária Samara e vem se desenvolvendo rapidamente e com saúde.

 

De acordo com as equipes, este processo se estenderá por seis meses quando Iuri retornará definitivamente ao zoológico, mas ainda em um ambiente específico para “aos poucos, se adaptar à alimentação mais sólida, ou seja, com verduras, legumes cozidos, ração para primata e frutas diversas. Depois de adaptado é levado para tentar fazer a readaptação a família que leva um bom tempo para essa aproximação”, concluiu a bióloga.

 

Macaco-caranguejeiro ou Macaco-de-cauda-longa

 

O Macaco-caranguejo é encontrados no sudeste da Ásia, da Birmânia às Filipinas e ao sul pela Indochina, Malásia e Indonésia, em diversos habitats como florestas primárias, secundárias, ribeirinhas e costeiras e mangue. Eles possuem coloração acinzentada; o comprimento do corpo – não incluindo a cauda – é de 40 a 47 cm. O peso médio para o sexo masculino é de 4,8 a 7 kg e 3 a 4 kg para o sexo feminino, que representa aproximadamente 69% do peso do sexo masculino médio. Essa espécie costuma viver em grupos constituídos por cerca de trinta membros. Eles são onívoros e exploram diversos tipos de alimentos diferentes.


FONTE: SCC10

SIGA AS REDES SOCIAIS DA RÁDIO EDUCADORA: INSTAGRAMFACEBOOKYOUTUBE E SOUNDCLOUD.

 

PUBLICIDADE