18/11/2019 17h10 - Atualizado em 18/11/2019 16h17

Quem eram a mulher, o pai e o filho vítimas de acidente na SC-110, em Ituporanga

De acordo com a PMRv, o condutor do outro veículo dirigia sob efeito de álcool

PUBLICIDADE
Por Gabriel Lima - Jornal de Santa Catarina

Por Gabriel Lima - Jornal de Santa Catarina

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A manhã ensolarada desta segunda-feira (18) contrastava com o sentimento de tristeza que atingiu os moradores do bairro Bela Vista, em Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí. Afinal, a comunidade se despediu de três pessoas que morreram no domingo em grave acidente de trânsito no mesmo local em que vivenciaram tantas conquistas e momentos felizes.

 

Os portões fechados do colégio do bairro, a Escola de Educação Básica Presidente Tancredo Neves, atestavam que era um dia diferente para os moradores da comunidade. A suspensão das aulas nesta segunda-feira foi uma forma preservar o luto dos amigos e familiares de Gabriel Haintz de Lima, de 15 anos, uma das vítimas do acidente.

 

O adolescente era estudante do nono ano da escola, inclusive faria as fotos de recordação com os amigos de turma nesta semana, e estava ansioso para começar uma nova fase da vida: o ensino médio. Conhecido como um jovem “brincalhão”, Gabriel usava alegria e serenidade para confortar as pessoas.

 

Ele estava no carro junto com o pai, Osni Rocha de Lima, de 57 anos, que também faleceu no acidente. Conhecido como Ni Preto, era tão querido pela comunidade que tinha inúmeros “cumpadres” com quem podia contar. Como contrapartida, era prestativo com a vizinhança e tinha como marca registrada o sorriso de quem sempre tentava ajudar.

 

A outra vítima era Zenita Sell Schaffer, de 58 anos, uma amiga quase da família. Ela estava no veículo com o marido, que dirigia o carro no momento do acidente. Bastante religiosa, ela frequentava a paróquia com frequência e tinha como principal características a preocupação com a família. Mãe de três mulheres, ela havia sido presenteada com mais uma neta há seis meses, a qual poderá ver as fotografias daqui a alguns anos e entender quem era a avó carinhosa com quem passou o início da vida.

 

O acidente

A batida ocorreu por volta das 5h do domingo (17) no km 265 da rodovia SC-110, em Ituporanga. O Fiat Strada onde estavam as vítimas colidiu contra um Volkswagen Jetta, com placas de Aurora.

 

Conforme a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o condutor do Jetta, de 25 anos, dirigia alcoolizado. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil após ser submetido ao teste do bafômetro, que constatou 0,20 mg/l de álcool.

 

Os três corpos foram velados no domingo durante a noite no Salão da Igreja Evangélica de Bela Vista, em Ituporanga. O sepultamento ocorreu na manhã desta segunda-feira no Cemitério Evangélico da comunidade.

PUBLICIDADE