07/11/2018 11h30 - Atualizado em 07/11/2018 09h47

Petrobras anuncia novo corte no preço da gasolina nas refinarias

Valor médio do combustível cairá para R$ 1,7165, o menor valor desde 14 de abril

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

A Petrobras reduzirá o preço médio da gasolina nas refinarias em 0,74% a partir desta quarta-feira (7). Com a alteração, o valor médio do combustível cairá de R$ 1,7293 para R$ 1,7165 por litro, o menor valor desde 14 de abril (R$1,7072).

 

Na véspera, a estatal já tinha diminuído o preço da gasolina em 6,35%, no maior corte já feito pela estatal desde o anúncio de uma política de reajustes até diários do combustível, em vigor desde julho do ano passado.

 

O corte se dá em meio a uma valorização do real ante o dólar e também a um enfraquecimento das referências internacionais do petróleo, parâmetros utilizados pela companhia para a formação de preços dos combustíveis.

 

O repasse dos reajustes da Petrobras aos consumidores depende de distribuidores, revendedores, impostos, além da mistura obrigatória de etanol anidro na composição da gasolina vendida nos postos.

 

O preço médio do diesel, por sua vez, segue em R$ 2,1228, sustentado pelo programa de subsídios, lançado pelo governo em junho em resposta à histórica greve de caminhoneiros contra o alto preço do combustível.

 

Devido ao programa, a petroleira deve praticar o preço do diesel dentro de limite máximo estabelecido pelo governo, contando com ressarcimento de até 30 centavos por litro. O limite máximo é ajustado a cada mês.

 

A Petrobras adota novo formato na política de ajuste de preços de combustíveis desde 3 de julho do ano passado. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior periodicidade, inclusive diariamente, refletindo os preços internacionais e o câmbio.Desde o início da nova metodologia, o preço da gasolina nas refinarias acumula alta de 30,78% e, o do diesel, valorização de 56,61%, segundo o Valor Online.

 

Preço nos postos cai pouco

O preço médio da gasolina nos postos no Brasil caiu apenas 0,3% na semana passada ante a semana anterior, para R$ 4,709 por litro, segundo dados publicados nesta segunda-feira (5) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

 

O etanol hidratado, concorrente da gasolina nas bombas, teve média de R$ 2,975 por litro na semana passada, queda de 0,27% em relação à semana anterior. O preço médio do diesel, por sua vez, atingiu R$ 3,719 por litro, queda de 0,05%, na comparação com o período anterior.

PUBLICIDADE