29/11/2019 10h45 - Atualizado em 29/11/2019 10h15

Com medo do povo, Toffoli e Gilmar Mendes cancelam vinda a Santa Catarina

Decisões que incentivam a impunidade e a corrupção não foram bem vistas pela população catarinense

PUBLICIDADE
Por Moacir Pereira - NSC

Por Moacir Pereira - NSC

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O ministro Gilmar Mendes, que tem sido atacado em manifestações populares por todo o Brasil, por suas absurdas decisões que incentivam a impunidade e a corrupção, também decidiu cancelar visita a Santa Catarina.

 

O magistrado estava confirmado para proferir a conferência de encerramento do Congresso Comemorativo dos 30 anos da Constituição de Santa Catarina, que começou nesta quinta-feira aqui na Capital. O evento é promovido pela OAB-SC e foi aberto com homenagens aos deputados constituintes que aturam na nova Carta em 1989.

 

Gilmar Mendes tem sido alvo de pedidos de impeachment no Congresso Nacional. Nas redes sociais há uma campanha com incontáveis produções de fortes críticas contra suas decisões contra a Lava Jato e pela concessão considerada exagerada de “habeas corpus” a indiciados, denunciados ou até condenados pela Justiça em várias instâncias.

 

Outro ministro que está sendo alvejado nas redes sociais é o presidente do Supremo, Dias Tóffoli, que ontem a noite receberia homenagem especial do Lide Santa Catarina.

 

Os promotores e o ministro recebem também pesadas críticas. O ministro também cancelou visita ao Estado. Evitou ser alvo de manifestações populares programados na Internet.

PUBLICIDADE