13/08/2019 14h14

Vasco bate o pé, e Talles Magno não se apresenta à seleção sub-17

O Vasco classificou o jovem de 17 anos como "fundamental"

PUBLICIDADE
Extra

Extra

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Depois de perder o primeiro treino em Goiânia, o atacante Talles Magno, do Vasco, não vai mesmo se apresentar à seleção brasileira sub-17 para os amistosos desta semana. O cruzmaltino emitiu uma nota nesta segunda-feira avisando que “bateu o pé” e não liberou a presença do atacante nas partidas contra o Chile, quinta-feira e sábado.

 

Talles ficou em Goiânia após a vitória sobre o Goiás, mas já pegou voo de volta para o Rio, onde treinará com os companheiros nesta terça-feira.

 

O posicionamento vascaíno se deu após uma tentativa de negociação junto à CBF. O presidente Alexandre Campello, inclusive, esteve na sede da entidade para tentar uma solução parcial. A ideia era que Talles defendesse a seleção apenas no amistoso de quinta e fosse liberado para enfrentar o Flamengo, sábado, pelo Brasileirão.

 

O Vasco classificou o jovem de 17 anos como “fundamental”. Na nota, o clube citou que “Talles foi cedido e participou dos amistosos da Seleção Brasileira sub-17 que foram disputados no Estádio de São Januário. Isso mesmo após o pedido de liberação feito pelo Clube ter sido negado pela entidade”.

 

Juridicamente, ainda não há um posicionamento definido sobre a condição de jogo de Talles Magno. Há juristas ouvidos pela reportagem que entendem ser “discutível” o aval para que o atacante enfrente o Flamengo enquanto ainda estiver convocado. Por outro lado, há quem cite o fato de os amistosos não serem em data Fifa para absolverem o clube de qualquer obrigatoriedade de liberação do jogador à seleção, dando a ele a segurança para defender o cruz-maltino.

PUBLICIDADE