31/07/2019 11h11 - Atualizado em 31/07/2019 08h58

Torcedores processarão agência por ausência de Cristiano Ronaldo em amistoso da Juventus

Os ingressos para a partida custaram entre 30 mil e 400 mil wons

PUBLICIDADE
Extra

Extra

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A agência de promoção de eventos esportivos “The Festa” é alvo da ira de mais de dois mil sul-coreanos após a ausência do craque Cristiano Ronaldo em um amistoso de pré-temporada. O atacante da Juventus foi poupado por Maurizio Sarri e ficou no banco da partida contra as estrelas da liga coreana.

 

Os fãs alegam que a organização havia informado que, por obrigação contratual, o português jogaria, pelo menos, 45 minutos. Os ingressos para a partida custaram entre 30 mil e 400 mil wons (de R$94 a R$1.280, aproximadamente).

 

— Até agora, mais de dois mil fãs nos contataram para entrar com ações. Planejamos seguir com isso de forma oficial a partir da próxima semana se a agência não oferecer um plano concreto para compensar quem adquiriu ingressos — disse o advogado Kim Hun-ki à agência de notícias AFP.

 

A “The Festa”, por outro lado, garante que pediu ao vice-presidente da Juventus, Pavel Nedved, para que Cristiano entrasse em campo. A empresa prometeu achar uma forma de compensar os clientes.

PUBLICIDADE