08/11/2019 12h00 - Atualizado em 08/11/2019 12h03

Sobis se defende de polêmica no Gre-Nal e critica imprensa: “É uma p* o que vocês inventaram”

Atacante entrou nos minutos finais da derrota do Inter para o Ceará nesta quinta e esbravejou após o apito final

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Na saída de campo após a derrota do Inter para o Ceará, nesta quinta, na Arena Castelão, Rafael Sobis lamentou o resultado. Porém, foi mais incisivo ao se defender das polêmicas do último Gre-Nal, criticou a imprensa e deixou claro que pretende renovar com o clube para 2020.

 

“É uma p* o que vocês inventaram. Falaram que fui para o ônibus. Então vocês vão ter que comentar todos os jogadores. O cara que fez a matéria foi maldoso” (Rafael Sobis)

Em campo, Sobis entrou apenas nos minutos finais da partida, quando o Ceará já vencia por 2 a 0. Entretanto, o assunto de que teria ido para o vestiário antes do Gre-Nal do último domingo acabar lhe causou revolta. O atacante deixou claro que foi algo normal e criticou a maneira como a imprensa tratou o caso.

 

— É uma p* o que vocês inventaram. Falaram que fui para o ônibus. Então vocês vão ter que comentar todos os jogadores. O cara que fez a matéria foi maldoso. A torcida já está nervosa. Ele disse que eu entrei de banho tomado, disse que fui o primeiro a entrar no ônibus e que os demais jogadores e comissão ficaram no vestiário, como se eu tivesse brigado. Já tinha tomado banho e fui para o ônibus. Ele foi mau caráter. Que boa a pergunta. Tenho que explicar coisa que não existe. Foi para criar polêmica. Só fui para o ônibus, nada demais — se defendeu o jogador.

 

A respeito da fase do Inter, Sobis admitiu que o problema do time é mais psicológico do que qualquer outro fator. Além disso, ressaltou a importância de vencer o próximo jogo e deixou claro que pretende renovar com o Inter.

 

— Temos que esquecer este momento. Virar a chave. O momento é mais mental que técnico. Se viesse o gol, seria melhor. Virão críticas de todos os lados. O próximo jogo temos que vencer. Precisamos tirar força. Amanhã (sexta-feira) trabalharemos. Temos que ajeitar a cabeça. Vim para morrer aqui — afirmou.

 

Com a derrota, o Inter tem 46 pontos e cai para oitavo lugar no Brasileirão. Na próxima rodada, o time recebe o Fluminense. A partida, válida pela 32ª rodada, será disputada no domingo, às 16h, no Beira-Rio.

PUBLICIDADE