18/05/2017 09h30 - Atualizado em 18/05/2017 08h18

Fla cai pela quinta vez na fase de grupos, recorde entre brasileiros

Relembre todas

PUBLICIDADE
Globo Esporte

Globo Esporte

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Com a virada sofrida no fim para o San Lorenzo (veja os gols no vídeo acima) e a grande vitória do Atlético-PR sobre a Universidad Católica fora de casa, o que era muito improvável no intervalo dos jogos da noite desta quarta-feira aconteceu: o Flamengo está fora da Libertadores 2017, mais uma vez eliminado na fase de grupos. Foi a quinta vez que o Rubro-Negro caiu nesta etapa, a terceira consecutiva, em 13 participações – 2012 e 2014 completam a recente e vexatória sequência. Número que é recorde entre equipes brasileiras na história do torneio.

 

Flamengo em Libertadores: 13 participações, um título (1981), duas eliminações no triangular semifinal (1982 e 1984), três nas quartas (1991, 1993 e 2010), duas nas oitavas (2007 e 2008) e cinco quedas na fase de grupos (1983, 2002, 2012, 2014 e 2017)

 

 

Com três vitórias em casa e três derrotas fora, o time de Zé Ricardo terminou na terceira colocação do grupo 4 com nove pontos e ficou com a vaga na Copa Sul-Americana como prêmio de consolação. Relembre abaixo as quedas rubro-negras na fase de grupos da principal competição continental:

 

1983
Apenas uma equipe avançava na chave composta por brasileiros – Grêmio era o outro – e bolivianos – Bolívar e Blooming. O tricolor gaúcho classificou-se com cinco vitórias e um empate, deixando os rubro-negros, com apenas duas vitórias em seis jogos, na vice-colocação no ano em que conquistou seu terceiro título brasileiro. Mesmo goleando o Blooming por 7 a 1 na 4ª rodada, o Flamengo não conseguiu se recuperar de início ruim na chave e acabou eliminado.

 

Time no jogo da eliminação: Raul; Cocada, Marinho, Mozer e Júnior; Vitor (Elder), Adílio (Gilmar), Zico e Robertinho; Baltazar e Edson. Técnico: Carlos Alberto Torres

 

Classificação do grupo 2:
1 – Grêmio – 11 pontos (classificado)
2 – Flamengo – 6 pontos
3 – Bolívar – 4 pontos
4 – Blooming – 3 pontos

 

2002
Em grupo com Olímpia, Universidad Católica e Once Caldas, o Flamengo conseguiu apenas quatro pontos dos 18 disputados e amargou a lanterna. A estreia foi com derrota por 3 a 1 para os chilenos em pleno Maracanã e o encerramento da campanha foi em revés por 2 a 0 contra os paraguaios. Mas o jogo da eliminação foi contra a Católica em Santiago – derrota por 2 a 1 na 5ª rodada.

 

Time no jogo da eliminação: Júlio César; Juan, Valnei e Fernando; Maurinho, Leandro Ávila (Rocha), Felipe Melo, Juninho Paulista e Athirson (Andrezinho); Petkovic (Roma) e Leandro Machado. Técnico: João Carlos

 

Classificação do grupo 8:
1 – Olímpia – 11 pontos (classificado)
2 – Universidad Católica – 10 pontos (classificado)
3 – Once Caldas – 9 pontos
4 – Flamengo – 4 pontos

 

2012
A fatídica eliminação do “gol do Emelec”. O Flamengo precisava vencer o Lanús e torcer por um empate dos equatorianos contra o Olímpia, na última rodada, no Paraguai. No Engenhão, o 3 a 0 sobre os argentinos estava construído. Em Assunção, o Olímpia havia arrancado o gol de empate nos acréscimos do segundo tempo. Mas aí apareceu Quiñonez para estragar a festa – lembra da entrevista do Léo Moura?

 

Time no jogo da eliminação: Felipe; Léo Moura, Welinton, Marcos González e Junior Cesar; Luiz Antonio, Willians (Muralha) e Bottinelli (Camacho); Ronaldinho Gaúcho, Vagner Love e Deivid (Thomás). Técnico: Joel Santana

 

Classificação do grupo 2:
1 – Lanús – 10 pontos (classificado)
2 – Emelec – 9 pontos (classificado)
3 – Flamengo – 8 pontos
4 – Olímpia – 7 pontos

 

 

2014
O Flamengo dependia apenas de suas forças para avançar na última rodada, contra o León, no Maracanã. Mas, após sair atrás, buscou o empate duas vezes mas acabou derrotado por 3 a 2 pelos mexicanos, que avançaram ao lado do Bolívar na chave.

 

Time no jogo da eliminação: Felipe; Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos (Negueba); Amaral, Muralha e Elano (Gabriel); Everton, Paulinho (Nixon) e Alecsandro. Técnico: Jayme de Almeida

 

Classificação do grupo 7:
1 – Bolívar – 11 pontos (classificado)
2 – León – 10 pontos (classificado)
3 – Flamengo – 7 pontos
4 – Emelec – 6 pontos

 

 

2017
Apenas uma combinação na última rodada poderia tirar o Flamengo das oitavas de final, e ela aconteceu. O San Lorenzo virou para cima dos brasileiros no Nuevo Gasometro, enquanto o Atlético-PR foi buscar o 3 a 2 para cima da Universidad Católica após virar em 2 a 1 e sofrer empate perto do fim. Com 100% em casa e sem pontuar fora, os rubro-negros cariocas amaragaram a dolorosa terceira colocação.

 

Time no jogo da eliminação: Alex Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão e Gabriel (Matheus Sávio); Berrío (Romulo), Everton (Juan) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

 

Classificação do grupo 4:
1 – San Lorenzo – 10 pontos (classificado)
2 – Atlético-PR – 10 pontos (classificado)
3 – Flamengo – 9 pontos
4 – Universidad Católica – 5 pontos

PUBLICIDADE