19/11/2019 16h02 - Atualizado em 19/11/2019 16h03

Como cuidar da organização da casa quando o casal trabalha fora

É preciso muito diálogo e comprometimento

PUBLICIDADE
Portal Sempre Família

Portal Sempre Família

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Distribuir as tarefas domésticas quando marido e mulher trabalham fora pode parecer uma missão impossível. Os horários não batem e, com o cansaço ao fim do dia, tanto um quanto o outro acabam negligenciando algumas tarefas e deixando acumular a maioria das coisas para o final de semana – tempo que o casal deveria aproveitar para estar junto e descansar.

 

Para conquistar uma organização ideal do lar é preciso muito comprometimento e, principalmente, comunicação entre o casal. Essa união entre os dois trará resultados positivos tanto em casa quanto no relacionamento.

 

O tempo em que apenas o homem saía de casa para trabalhar já ficou para trás. As tarefas de casa que anos atrás eram consideradas exclusivas das mulheres são cada vez mais realizadas pelos homens e, com isso, a distribuição das tarefas domésticas se tornou fundamental.

 

Para alguns casais, não é um acordo muito fácil de se fazer. É preciso muito diálogo e comprometimento, afinal o objetivo é que as obrigações da casa não se tornem motivo de guerra, mas sim um sinal de complementaridade do casal.

 

Dicas para ter sucesso na organização doméstica

1. Comunicação. Não tenha medo de compartilhar seus pensamentos, opiniões e sentimentos com o outro. Ao definir um critério para a organização da casa, é importante que ambos estejam satisfeitos e, claro, dispostos a colaborar. E para chegar a esse acordo é necessário falar.

 

2. Conheça as expectativas e limitações de seu cônjuge. Reflitam e discutam entre si sobre as expectativas de cada um sobre o lar de vocês e também sobre as limitações que possam atrapalhar um de vocês a fazerem um trabalho ou outro.

 

3. Estabeleça uma distribuição de tarefas. Para muitos casais, é preferível evitar a divisão “50% – 50%” e escolher uma distribuição com base nas preferências e horários de cada membro da família.

 

4. Aceite a decisão e aja a partir da realidade. Evite idealismos do tipo “eu gostaria que nossa casa fosse maior” ou “como eu queria que meu parceiro fizesse tal trabalho de forma diferente”. Essas murmurações só prejudicam o casal e a família em geral.

 

Erros frequentes a serem evitados na distribuição de tarefas

– Não confiar na capacidade do outro de executar as tarefas corretamente.

– Não reconhecer o mérito do outro que, supostamente, está fazendo as tarefas com a melhor das intenções.

– Definir tarefas inflexíveis. De tempos em tempos, é importante buscar aprender outras tarefas e também ensinar seu parceiro a realizar as que você fazia. Esse aprendizado será positivo tanto para o seu relacionamento quanto para o funcionamento do lar.

– Comparar excessivamente o tempo que cada um gasta com a casa. Isso é um sinal de que um dos membros do casal não está satisfeito com a divisão de tarefas que foi combinada.

– Negligenciar as obrigações sobrecarregando a outra pessoa.

 

 

Com informações de Hacer Familia

PUBLICIDADE