16/01/2021 08h21

Serra do Rio do Rastro é novamente fechada pelo risco de queda de rochas

Expectativa do Governo do Estado é de que o fluxo seja liberado ainda neste fim de semana

PUBLICIDADE
Há ao menos 25 pontos críticos na rodovia, aponta o Governo do Estado (Foto: Governo do Estado, Divulgação)

Há ao menos 25 pontos críticos na rodovia, aponta o Governo do Estado (Foto: Governo do Estado, Divulgação)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A rodovia que corta Serra do Rio do Rastro foi novamente interditada nesta sexta-feira (15). O motivo, de acordo com o governo do Estado, é o risco de queda de rochas — incluindo uma de grandes proporções — em trechos do asfalto. Por questões de segurança e para garantir que as obras ocorram sem empecilhos, a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade optou por novamente interditar a SC-390.

 

A expectativa do governo do Estado é de que a rodovia seja liberada ainda no fim da tarde deste sábado (16), porém não há garantia de que todos os trabalhos sejam finalizados. O serviço tem o acompanhamento da Defesa Civil, por conta da possibilidade de queda de barreiras, e a orientação da Polícia Rodoviária Estadual (PMRv) é de que motoristas não se desloquem sentido Serra do Rio do Rastro.

 

No local há pelo menos 25 pontos considerados mais críticos onde há necessidade de intervenção, aponta o departamento de Infraestrutura. As equipes farão a retirada de blocos de rocha e outros materiais soltos sobre os taludes. Além disso, serão colocadas telas metálicas em áreas específicas da rodovia para evitar a queda de pedras e o deslocamento de barro em caso de chuvas.

 

O plano prevê outras obras em acessos entre o Sul e a Serra, com investimentos de R$ 19 milhões, recursos obtidos pelo junto ao governo federal no programa Novos Rumos.


POR: AUGUSTO ITTNER / DIÁRIO CATARINENSE – NSC

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE