08/05/2020 14h32 - Atualizado em 08/05/2020 14h33

Serra da Abelha ganha pavimentação

Trecho é usado para escoamento de 80% da produção agrícola e obra foi feita com recursos próprios

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

Com os municípios sofrendo devido à queda na arrecadação e falta de dinheiro para investimentos estratégicos, a prefeitura de Vitor Meireles surpreendeu os moradores ao fazer, com recursos próprios, uma obra esperada há décadas e que não estava sequer no plano de governo.

 

O asfaltamento da Serra da Abelha, trecho por onde é escoada cerca de 80% da produção agrícola, custou cerca de R$ 1.035,000,00 e já está sendo finalizado.

 

O prefeito Bento Silvy comenta que o asfaltamento da serra é muito importante para a maioria das comunidades do interior. “Nessa região temos muitas empresas do município como a queijaria, fábrica de móveis, serraria, puxadores de fumo e soja, além de silos. Economizamos dinheiro três anos e pegamos até a população de surpresa ao fazer com recursos próprios, mesmo diante de tantas dificuldades”, disse ele.

 

O agricultor Francisco Geremias mora na localidade há anos e lembra que esse era um pedido antigo da população. “Essa serra foi aberta há 40 anos atrás e a gente sempre vinha sofrendo, porque tinha que levantar de madrugada para puxar as cargas, não tinha nem macadame e agora ela foi asfaltada. Hoje por aqui passa 80% da produção agrícola de Vitor Meireles então para nós será um avanço muito grande”, comentou.

 

O empresário Emerson Schotten, que possui um laticínio na localidade, também diz que a melhoria vai ajudar muito quem reside no alto da Serra ou que utiliza a estrada no dia a dia. “Essa pavimentação vai ajudar muito na segurança nesse trajeto e também na acessibilidade. No verão quando era seco tinha muito problema e gerava desgaste nos veículos, e quando era molhado a serra ficava lisa, o que era um perigo de acidente constante. Os caminhões, muitas vezes, tinham que ser puxados com máquinas agrícolas”, relata.

 

O prefeito ressalta que projeto foi feito pela Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi) e a obra iniciou no mês passado e está sendo concluída, faltando apenas a sinalização. “Não deixamos de fazer nenhum investimento que seria nossa obrigação em outras áreas, mas fizemos esse esforço para fazer o asfaltamento porque esse seria um problema eterno para toda a região e vejo a satisfação das pessoas”.

 

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

PUBLICIDADE