30/04/2021 14h23

Petrobras reduz preços do diesel e da gasolina nas refinarias

Novos valores entram em vigor neste sábado (1°)

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Refinaria da Petrobras em Paulínia - SP (Foto: Paulo Whitaker / Reuters)

Refinaria da Petrobras em Paulínia - SP (Foto: Paulo Whitaker / Reuters)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O preço da gasolina e do diesel será reduzido a partir de amanhã (1º) nas refinarias da Petrobras. A estatal anunciou hoje (30), no Rio de Janeiro, que o litro da gasolina passará de R$ 2,64 para R$ 2,59 (- R$ 0,06 ou -1,9%), enquanto o do diesel cairá de R$ 2,76 para R$ 2,71 (- R$ 0,05 ou -1,8%). 

 

O combustível vendido pelas refinarias da Petrobras é adquirido por distribuidoras e passa também pelos postos revendedores antes de ser vendido ao consumidor final. Até chegar aos veículos, são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biodiesel e etanol anidro, além das margens brutas das companhias distribuidoras e dos postos revendedores de combustíveis. 

 

Por isso, a estatal afirma que a variação de preços nas refinarias tem influência limitada no preço encontrado pelos motoristas nos postos de revenda.

 

Os reajustes nos preços de diesel e gasolina são usados pela Petrobras para buscar equilíbrio com o mercado internacional, acompanhando as variações do valor global dos combustíveis e da taxa de câmbio entre o real e o dólar. 

 

A estatal defende que as mudanças nos preços praticados nas refinarias devem ocorrer sem periodicidade definida, acompanhando as condições de mercado e da análise do ambiente externo. Segundo a empresa, “isso possibilita competir de maneira mais eficiente e flexível e evita o repasse imediato da volatilidade externa para os preços internos”.

 

Em Santa Catarina, valor aumentará

 

O litro da gasolina irá subir nos próximos dias, na média, R$ 0,06 em Santa Catarina. A informação é de Luiz Antônio Amin, presidente do Sindipetro-SC. Ele explica que a majoração ocorre após o governo de Santa Catarina aumentar a pauta para a cobrança do ICMS nesta quinta-feira (29). 

 

O valor médio do litro, considerado pela Secretaria de Estado da Fazenda, subiu de R$ 4,77 para R$ 5,04. O reajuste já foi publicado no Diário Oficial da União. A medida entra em vigor neste sábado (1°).  

 

Para o Sindipeto-SC, a data de implementação dos novos valores varia muito de cada posto. Para os que recebem caminhão todo dia, o aumento se dará já no sábado. Depende de cada distribuidor e da condição de estoque. Na segunda-feira (03), o sindicato acredita que a maioria já estará com os novos preços

 

“O governo foi até muito complacente com a revenda e com o consumidor. Este é o segundo do ano. Desde o mês de janeiro até agora não havia mexido. A gente sabe que governo tem as suas contas para pagar e vale a partir de maio. Geralmente, quando há alteração no preço, há essa mexida de pauta, mas Santa Catarina não fez. E agora terá esse impacto para o consumidor de R$ 0,06”, diz Luiz Antônio Amin, presidente do Sindipetro-SC .


POR: VINÍCIUS LISBOA – AGÊNCIA BRASIL / RENATO IGOR – NSC TOTAL

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui. 

 

PUBLICIDADE