26/07/2019 14h43

Peninha (MDB) começa a articular candidatura para governador em 2022

Ele foi pioneiro na defesa de Bolsonaro em SC, mas não surfou na onda 17

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Por Clóvis Reis - NSC

Por Clóvis Reis - NSC

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Recebido em Blumenau com honras de principal interlocutor regional junto ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB) anunciou que em 2022 disputará a eleição para um cargo majoritário. Em outras palavras: será candidato ao governo do Estado.

 

Peninha não faz parte da aristocracia do partido, mas se credenciou para a ocupação de um novo espaço interno pelo prestígio que desfruta em Brasília. Ele apostou no projeto político de Bolsonaro desde o início e agora aproveita os benefícios do acerto na decisão. Para que sua candidatura a governador tenha chance de êxito, terá de convencer os companheiros de legenda – uma epopeia, tratando-se de MDB – e reconstruir o partido nos municípios.

 

Em Blumenau, a sigla é uma lembrança do passado. Além disso, terá de disputar com o governador Carlos Moisés (PSL), os votos do bolsonarismo, um movimento fiel à orientação partidária. O próprio Peninha se deu conta dessa característica na eleição passada. Ele foi pioneiro na defesa de Bolsonaro em SC, mas não surfou na onda 17.

 

Convite

Peninha anunciou ao prefeito Mário Hildebrandt (sem partido) que em agosto formalizará o convite para que o presidente Jair Bolsonaro participe da próxima Oktoberfest. Peninha e Hildebrandt se encontraram durante o programa Preto no Branco, da Rádio Nereu.

PUBLICIDADE