23/06/2020 17h00

Moisés pode deixar o PSL para ampliar diálogo

Pinho Moreira disse que ficar sem partido daria liberdade a Moisés para conversar com todos os lados

PUBLICIDADE
Fonte: NSC

Fonte: NSC

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Voltaram a correr, nas últimas semanas, informações de que o governador Carlos Moisés estaria com um pé fora do PSL. As especulações são de que partiria para um “voo solo”, um governo sem partido. Nada confirmado oficialmente, até agora. 

 

A desvinculação seria uma aposta na amplitude de diálogo, algo que o ex-governador Eduardo Pinho Moreira (MDB), que esteve com Moisés em um almoço na Casa D´Agronômica, fim do mês passado, aconselhou ao atual mandatário. À coluna, Pinho Moreira disse que ficar sem partido daria liberdade a Moisés para conversar com todos os lados.

 

Falhas 

 

Aliás, a conversa entre “ex e atual” passou por uma série de assuntos que envolvem a administração – inclusive as nomeações. Pinho Moreira disse a Moisés que faltou ao atual governo, na largada, uma “equipe de primeira divisão”. 

 

O ex-governador acha que a sucessão de falhas na compra dos respiradores é uma prova desse amadorismo. Na ocasião, disse acreditar que Moisés tenha sido surpreendido pela confusão. “O governador não sabe o que se passa na ponta, é impossível”.

PUBLICIDADE