31/03/2020 11h36

Frio deve chegar mais cedo este ano em boa parte do país

Para o mês de abril, os modelos meteorológicos apontam anomalia de temperatura abaixo da média histórica para toda a região Sul

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

As temperaturas deverão cair mais cedo em boa parte do Brasil este ano, é o que indica as previsões dos modelos meteorológicos. A expectativa de frio vem depois de um início de ano de chuvas extremas, principalmente no sudeste do país.

 

Aquelas pessoas mais sensíveis ao frio já deverão buscar o cobertor no guarda-roupas na segunda quinzena do mês de abril.

 

A previsão é de que o inverno apresente ondas de frio mais cedo, que podem se estender por mais tempo. O oceano Pacífico mais frio nos próximos meses fará a atmosfera apresentar novos sintomas e efeitos.

 

Além disso, as previsões apontam que a umidade do ar deve ficar mais baixa neste outono e inverno, favorecendo ainda mais a propagação do frio.

 

No Sul e parte do Sudeste do país, o avanço de massas de ar polar deverá ocorrer mais cedo e de forma mais intensa. No Centro-Oeste e parte do Nordeste, o frio deverá ser intensificado pela formação de sistemas de alta pressão no Oceano Atlântico , impulsionando o avanço dos ventos alísios de sudeste sobre continente, aliados à baixa umidade relativa do ar e pela redução natural de radiação solar no hemisfério sul.

 

Para o mês de abril, os modelos meteorológicos apontam anomalia de temperatura abaixo da média histórica para toda a região Sul e parte da região sudeste, além de quase todo interior do Nordeste.

PUBLICIDADE