06/03/2021 11h48 - Atualizado em 06/03/2021 11h49

Em SC, 291 pacientes aguardam leito de UTI; Estado bateu recorde de óbitos nesta sexta (05)

Apesar do reforço do Governo do Estado na oferta de leitos, o número de pacientes na fila só cresceu

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Santa Catarina tem 291 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgados nesta sexta-feira (05). A região Grande Oeste concentra o maior número de pessoas (143), seguida da Grande Florianópolis (39), Meio-Oeste (34), Sul (33), Norte (17), Serra (13), Foz do Rio Itajaí (10), e Vale do Itajaí (2).

 

Apesar do reforço do Governo do Estado na oferta de leitos, o número de pacientes na fila só cresceu: eram 217 na quarta e 280 nesta quinta. A ocupação oficial de leitos de UTI é de 97,%, mas, na prática, não há leitos livres. O Estado tem enviado doentes para tratamento no Espírito Santo e busca aumentar a oferta de vagas. 

 

Ao todo, são 1.014 pessoas internadas em leitos SUS ou privados no Estado entre suspeitos e confirmados com Covid-19, sendo que 595 respiram com auxílio de ventilação mecânica. Nos leitos públicos, são 871 internações por Covid mais 683 doentes de outras enfermidades. 

 

Nesta sexta, Santa Catarina bateu mais dois recordes. O maior número de mortes para um único dia – foram 107 nas últimas 24 horas – e também o de casos ativos de Coronavírus, com 38.156. Além disso, há mais de 11 mil amostras aguardando resultado de teste para a doença. 

 

Com o avanço do vírus, o Estado chegou ao acumulado de 700.127 casos desde o início da pandemia (mais 5.853 nesta sexta) e 7.816 mortes (com o acréscimo de 107). 

 

Somente em 2021, foram 2.443 mortes no Estado, o que representa 31,2% do total. Entre os casos, são 171.455 desde janeiro, o que representa 24,4% do total. 


FONTE: REDE CATARINENSE DE NOTÍCIAS

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui. 

PUBLICIDADE