15/09/2020 11h00

Cultura Ucraniana estampa nova tendência através de máscaras, em Santa Terezinha

Para Irmã Emília, preservar a cultura é muito importante

PUBLICIDADE
Fonte: Jornal A Tribuna do Vale - www.jatv.com.br

Fonte: Jornal A Tribuna do Vale - www.jatv.com.br

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A criatividade das pessoas é algo peculiar e encantador que possibilita um mundo mais alegre e colorido. Nos últimos meses, uma peça que se tornou obrigatória no contexto da pandemia do coronavírus, a máscara, vêm difundindo muito essa criatividade e de certa maneira, está sendo uma forma de deixar um período tão triste um pouco mais animador.

 

A nova tendência traz estampas para todos os gostos. Para os apaixonados por animais têm máscaras temáticas de gatinho, cachorro, leão, abelhinha e assim por diante. E já que não dá

 

16001681190530

 

para ir ao campo de futebol torcer pelo time do coração, que tal andar com o símbolo dele na cara e escancarar a paixão de torcedor?

 

Dentro desse novo e obrigatório estilo, alguns moradores de Santa Terezinha têm demonstrado que além de obrigatório, o novo acessório pode ser bonito, combinar com a cor da roupa e ainda trazer uma mensagem cultural. Para conhecer um pouco sobre máscaras com estampas da cultura Ucraniana, a Equipe de Jornalismo conversou com a Irmã Emília Nogas, que reside na comunidade Craveiro. Irmã Emília tem sido uma das modelos de máscaras confeccionadas com capricho por descendentes ucranianas. Nogas é serva de Maria Imaculada das Irmãs Ucranianas e trabalha em Santa Terezinha há 20 anos.

 

16001681205251

 

As máscaras são confeccionadas na Colônia Marcelino, em São José dos Pinhais, PR. E podem ser adquiridas através de pedido pela página do Facebook ‘Adri e Neo Bordados’, das irmãs Adriana e Neonilia Nogas que trabalham com bordados à máquina. Além da nova tendência de bordados em máscaras, as irmãs são especialistas em bordados de trajes ucranianos, como camisas e blusas, também paramentos para igrejas, toalhas, almofadas e muito mais.

 

“O simbolismo representado nos bordados pode significar várias coisas”, diz Irmã Emília que acrescenta “Especialmente os bordados feitos nas máscaras, símbolos como o sol, que representa energia, eternidade, prosperidade, abundância. A estrela também, como símbolo de união e em forma de cruz como proteção”.

 

16001681261075

 

Para Irmã Emília, preservar a cultura é muito importante “A cultura é a nossa identidade. Através dela, identificamos quem somos”, afirma. A cultura pode se expressar através da língua, da culinária, da religiosidade, de ritos, artesanatos como bordados e pinturas. “Principalmente a pintura de ícones que é bastante forte no nosso rito ucraniano”, menciona Nogas.

 

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE