22/06/2020 10h06 - Atualizado em 22/06/2020 10h08

A chuva de junho em SC: fim da estiagem em Taió e região?

A situação hídrica ainda requer uma atenção especial dos profissionais da Epagri/Ciram

PUBLICIDADE
Fonte: Epagri / Ciram / Jornal A Tribuna do Vale

Fonte: Epagri / Ciram / Jornal A Tribuna do Vale

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Depois de um outono seco, marcado por um quadro de estiagem em boa parte das regiões catarinense, a precipitação da primeira quinzena de junho superou os 100 mm em grande parte do estado, principalmente no Oeste e Meio-Oeste, como pode ser visto nas áreas em azul no mapa da Figura 1 (ao lado). No Alto Vale e sul do Estado, no entanto, foram registrados menores volumes, entre 50 mm e 75 mm. Com isto, a situação hídrica ainda requer uma atenção especial dos profissionais da Epagri/Ciram.

 

Segundo Guilherme Miranda, hidrólogo do Centro, a situação de estiagem persiste principalmente no Vale do Itajaí. A chuva registrada entre os dias 10 e 12/06 não foi suficiente para alterar a situação hidrológica na região, principalmente na área das bacias dos rios Itajaí do Sul e Itajaí do Oeste. “Nestas bacias, as águas da chuva escoaram, e não foram retidas e armazenadas, pelo solo e pelas barragens existentes para regularizar as vazões destes rios”, explica Miranda. Este comportamento pode ser observado na Figura 2 (abaixo), da estação hidrológica de Taió, localizada no Vale do Itajaí, que compõe a Rede de Estações monitoradas na Epagri/Ciram.

 

t

 

Miranda ainda ressalta que, nas demais regiões catarinenses, a situação no momento encontra-se dentro da normalidade hidrológica. E recomenda a busca de informações do monitoramento dos rios em SC no site da Epagri/Ciram (ver Rios On-Line).

PUBLICIDADE