02/03/2020 17h38 - Atualizado em 02/03/2020 18h30

Caso suspeito de coronavírus é registrado em Pouso Redondo

SC é o quinto Estado do país com mais casos em investigação. País continua com dois casos confirmados da doença

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

A atualização desta segunda-feira (2) do Ministério da Saúde mostrou que o número de casos suspeitos de coronavírus em Santa Catarina passou de nove para 36 desde a última sexta-feira (28). Há um suspeito de estar com a doença em Pouso Redondo.

 

Com isso, o Estado é o quinto com mais pacientes em investigação. São Paulo, com 163 casos, é onde está o maior número de casos suspeitos. Em seguida aparecem Rio Grande do Sul (73), Minas Gerais (48) e Rio de Janeiro (42).

 

Florianópolis é a cidade que mais tem casos suspeitos, com 11 pacientes em investigação. Joinville, no Norte do Estado, é a segunda cidade com mais pacientes sob análise, com sete registros (confira abaixo todas as cidades com casos suspeitos).

 

O país continua com apenas dois casos confirmados da doença. Trata-se de dois moradores de São Paulo, que estão em isolamento domiciliar e com sintomas leves.

 

O Ministério da Saúde também prometeu divulgar a partir desta segunda-feira os casos prováveis. Segundo o secretário-executivo do Ministério, João Gabbardo dos Reis, serão considerados casos prováveis apenas os de pessoas que convivem com os casos confirmados e apresentem sintomas. Até o momento, nem a esposa do primeiro caso de coronavírus e nem o filho do segundo caso apresentarem qualquer sintoma.

 

O crescimento no número de casos suspeitos ocorre no dia em que o Ministério implanta uma mudança no critério adotado para configurar os casos suspeitos. A partir desta segunda, o número definido pelas secretarias estaduais de saúde são considerados oficiais – antes, eles eram validados em uma nova análise do Ministério da Saúde.

 

Uma das principais razões do aumento dos números de casos nos últimos dias é a mudança nos critérios do Ministério da Saúde para identificar pacientes que precisam ser investigados.

 

Antes, eram classificados como suspeitos pacientes que apresentavam ao menos dois sintomas, como febre, tosse ou dificuldades para respirar, e tivessem retornado de viagem à China em menos de 14 dias. Agora, com o avanço do novo coronavírus também em nações da Ásia e Europa, também passam a ser considerados casos suspeitos pacientes que retornaram de outros 15 países além da China, territórios em que já houve transmissão do vírus – Austrália, China, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Filipinas, Japão, Malásia, Vietnã, Singapura e Tailândia, na Ásia, Itália, Alemanha e França, na Europa, e Irã e Emirados Árabes, no Oriente Médio.

 

 

Balneário Camboriú – 3

Chapecó – 2

Concórdia – 1

Florianópolis – 11

Itajaí – 3

Itapema – 2

Joinville – 7

Pouso Redondo – 1

São Bento do Sul – 2

São João Batista – 1

São José – 2

Tijucas – 1

 

Fonte: NSC TV

PUBLICIDADE