01/12/2020 10h03 - Atualizado em 01/12/2020 10h22

Carros usados em assalto à banco em Criciúma são encontrados em Nova Veneza

Mais de 200 kg de explosivos também foram achados

PUBLICIDADE
Foto: Bope Divulgação

Foto: Bope Divulgação

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Segundo informações do Bope, foram encontrados numa área retirada do município de Nova Veneza dez carros usados pelos criminosos no assalto à banco nesta madrugada de terça-feira (1º) em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. Além dos automóveis, foram achados mais de 200kg de Metalon, cordéis detonantes, espoletas, estopins e dispositivos elétricos.

 

Confira imagens dos veículos e do trabalho da polícia no centro de Criciúma

 

Entenda o assalto

 

No início da madrugada a tranquilidade de Criciúma, no sul do Estado, foi quebrada pela ação de uma dezena ou mais de criminosos fortemente armados e deslocando em veículos potentes, atuando de forma coordenada para assaltar estabelecimentos bancários localizados na área central da cidade.

 

Fortemente armados, os assaltantes não só atemorizaram os moradores com uma grande quantidade de disparos como enfrentaram guarnições da Polícia Militar, ferindo inclusive um policial e um vigilante.

 

Esta modalidade criminosa é conhecida como “novo cangaço”, uma referência ao fenômeno do banditismo ocorrido no sertão do Nordeste do Brasil, principalmente nos anos 1920 e 1930.

 

Polícia Civil de Santa Catarina está mobilizada na investigação

 

Por determinação do Delegado Geral Paulo Koerich, estão em Criciúma policiais civis da Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), sob o comando do Delegado de Polícia Anselmo Cruz, além de outras delegacias da DEIC, da CORE e o reforço mobilizado da região em apoio às forças locais. O Delegado garantiu que o trabalho em conjunto será fundamental para as investigações.


FONTE: SCC10


PUBLICIDADE