21/09/2020 09h17

Caixa deposita FGTS emergencial para quem nasceu em dezembro; confira quando sacar

Valor será disponibilizado em poupança gratuita e vai poder ser utilizado pelo app Caixa Tem

PUBLICIDADE
Valor pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem para o pagamento de contas, boletos e compras (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Divulgação/ND)

Valor pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem para o pagamento de contas, boletos e compras (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Divulgação/ND)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A Caixa libera o pagamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) emergencial para os nascidos em dezembro nesta segunda-feira (21). O valor será depositado em uma poupança digital gratuita criada pela instituição e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem para o pagamento de contas, boletos e compras.

 

Quem preferir sacar o dinheiro em espécie ou transferir para outra conta corrente vai precisar esperar até o dia 14 de novembro. A Caixa determinou duas datas para cada etapa para evitar aglomerações nas agências bancárias.

 

Como consultar valor do saque

 

O valor máximo do saque é de R$ 1.045, mas varia de acordo com o saldo total que a pessoa tem no fundo. A consulta ao benefício está disponível pelo app FGTS (Android e iOS), pelo internet banking da Caixa, pelo site oficial e pelo telefone 111. É possível checar o valor disponível e qual a data de disponibilização do FGTS.

 

Quem não quiser realizar o saque deve informar pelo aplicativo do FGTS com pelo menos 10 dias de antecedência da data prevista do crédito. Também é possível solicitar o desfazimento do crédito depois do depósito. Neste caso, o valor volta para a conta do FGTS do beneficiário.

 

Além disso, se a poupança social digital não sofrer movimentação até o dia 30 de novembro, os valores retornarão à conta FGTS do trabalhador, devidamente corrigidos.

 

calendario-fgts-2020-16062020061103079

 

 

FONTE: ND+

 

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE