04/06/2020 15h59

RB Bragantino emite comunicado oficial e confirma dois resultados positivos para o COVID-19

Clube apresentou em uma publicação o resultado dos 75 testes que foram realizados em atletas e funcionários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

Aos poucos os clubes brasileiros estão começando a retomar a rotina de treinamentos presenciais nos CTs. Para que isso aconteça, a OMS determinou uma série de regras que devem ser obedecidas e cumpridas à risca para evitar maiores contaminações e transmissões da doença no período de atividades.

 

Pensando nisso, além dos cuidados higiênicos, muitos clubes estão adotando a bateria de testes antes de aprovar a volta dos jogadores. Um deles que fez isso foi o RB Bragantino. Por meio de seu perfil oficial nas redes sociais, o clube do interior de São Paulo deu detalhes dos resultados dos exames.

 

Tranquilizando os torcedores, o Red Bull reuniu 75 profissionais, desde os jogadores e comissão técnica, até staffs e funcionários para que todos tivessem contato com o exames seja ele por cotonete ou por sangue. Ao todo, os resultados deram 70 negativos, 3 negativos para COVID na fase ativa, ou seja, já tiveram contato com a doença e 2 resultados deram positivo.

 

“O Red Bull Bragantino vem informar que, como parte do protocolo de volta aos treinos, realizou os testes de detecção da Covid-19 em 75 pessoas, contando jogadores, comissão técnica, staff e funcionários do centro de treinamento utilizado pela equipe profissional”, dizia o comunicado.

 

Sempre muito clara, a diretoria do clube fez questão de dar detalhes sobre os infectados, porém, mantendo a identidade dos mesmos em sigilo. Além de afirmar que ambos eram assintomáticos, foi confirmado que eles não tiveram contato direto com os demais, a ponto de causar maiores contaminações.

 

“Os dois resultados positivos não apresentam sintomas da doença, mas estão cumprindo o período de isolamento e todos os cuidados passados pelo departamento médico para voltarem à rotina. Os testes foram feitos no sistema drive thru. Cada um ficou em seu carro, vestindo máscara, e só tiveram contato com os profissionais da saúde que realizaram os testes. Estes também estavam devidamente equipados para evitar qualquer tipo de contágio”, pontuava.

PUBLICIDADE