15/05/2020 13h33

Projeto do novo Ginásio de Esportes de Rio do Sul é concluído

Documentação será encaminhada para análise na Caixa. Previsão de investimento é de R$ 5 milhões

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

O prefeito José Thomé apresentou em reunião na tarde de quinta-feira (14) o projeto do novo Ginásio de Esportes de Rio do Sul. O encontro na prefeitura contou com a presença do deputado federal Carlos Chiodini, que intermediou a vinda de R$ 5 milhões do Ministério da Cidadania para a execução da obra.

 

A apresentação técnica do projeto foi feita por funcionários da Secretaria de Infraestrutura. A ideia é que a estrutura será construída ao lado do Centro de Eventos Hermann Purnhagen, no bairro Canta Galo, terá quadra oficial 40×20, dois mil lugares sentados, quatro vestiários, camarotes, oito cabines de transmissão, auditório, salas para serviços administrativos e espaço exclusivo para ônibus, além de estar todo adaptado as normas de acessibilidade.

 

O projeto já foi cadastrado no sistema da Caixa Econômica Federal que fará a análise. Sendo liberado, a obra pode ser licitada.

 

Além de elogiar a agilidade na conclusão do projeto, Thomé explicou que no próximo ano o Ginásio Municipal Artenir Werner completa 50 anos, e está obsoleto para receber grandes competições e eventos.

 

“Conseguimos projetar uma estrutura moderna que atende muito bem as nossas necessidades, em um local estratégico do município e próximo a via de acesso à cidade, que é a BR-470. Vamos poder receber eventos maiores e sediar competições nacionais. Demos mais um passo importante na busca da valorização de atletas e técnicos de Rio do Sul, que merecem e muito essa nova estrutura”, comentou Thomé.

 

O deputado federal Carlos Chiodini ressaltou que como o projeto está pronto, é justificável que o município mantenha a tramitação burocrática pois há convênio para aplicação de R$ 5 milhões neste projeto. “Estamos discutindo este projeto de novo ginásio desde o ano passado e a cidade mostrou que há uma grande necessidade. Agora é vencer os processos burocráticos”, completou.

PUBLICIDADE