18/06/2021 16h11

Nação Esportes deve apresentar carta de desistência da Série B do Catarinense

Time acusa Prefeitura de Canoinhas de não cumprir acordo preestabelecidos para participação da equipe na competição

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

PUBLICIDADE
Delta Ativa

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

CLIQUE AQUI

 

A equipe do Nação Esportes vai protocolar na próxima segunda-feira (21), oficialmente à Federação Catarinense de Futebol (FC), a carta de desistência da Série B do Campeonato Catarinense. De acordo com o clube, o motivo é em razão do descumprimento de acordo preestabelecidos pela Prefeitura de Canoinhas para a participação da equipe na competição.

 

Na noite desta quinta-feira (17), o clube realizou uma live nas páginas oficiais para esclarecimentos envolvendo o planejamento para 2021. Na ocasião, os dirigentes apresentaram a carta de desistência do campeonato e deram o prazo para que a prefeitura cumpra com as promessas a próxima sexta-feira (18), às 18h. Caso contrário, o clube voltará a focar no seu projeto inicial: as categorias de base.

 

Participaram da reunião o presidente Tiago Reis, acompanhado pelo diretor executivo Gabriel Fronzi, o diretor jurídico Alex Lemos e o técnico Kokan. A live foi apresentada pelo jornalista Douglas Martins.

 

Entenda o caso

 

Em uma bela campanha na temporada passada, o Nação Esportes garantiu o acesso à Segundona, se consolidando na vice-liderança da Série C. Até então, a equipe sediava as partidas na cidade de Joinville e após o acesso, acertou a ida para a cidade de Canoinhas, em um acordo com o poder público e o empresariado local, para disputar a Série B do Estadual. Com o acordo, o objetivo era que a região tivesse um representante nas competições de elite do futebol catarinense.

 

Enquanto isso, outros clubes que também estão entre os participantes da Série B já realizam seus treinamentos há pelo menos um mês, como é o caso do Barra FC, de Balneário Camboriú e o Carlos Renaux, de Brusque. Já o Internacional de Lages, que ainda não deu início nos treinamentos, se encontra na mesma situação do Nação e é outro clube especulado a desistir da competição.

 

Falha no acordo

 

Desde o dia 10 de maio em preparação para a disputa do Campeonato Catarinense da Série B, o Auriazul, diante promessas e compromissos acertados com Canoinhas, iniciou todo o planejamento de forma profissional e organizada para competir a Série B profissional, tendo em vista que o principal foco no clube é a base, e decidiu, após o acerto com representantes da cidade, disputar o Estadual.

 

Segundo o Nação Esportes, a outra parte não cumpriu com o prometido. Os repasses do empresariado local para subsídio para alimentação e transporte para os jogos em casa e fora e hospedagem foram simplesmente ignorados. Todo o planejamento não cumprido comprometeu o projeto.

 

A competição

 

A Série B do Campeonato Estadual de 2021 terá 10 equipes em disputas de duas vagas para a elite do futebol catarinense. Participam da competição as equipes do Atlético Catarinense, Barra, Caçador, Camboriú, Fluminense, Guarani de Palhoça, Internacional de Lages, Nação e Tubarão.

 

Com base no regulamento, o Catarinense da Série B terá formato de turno e returno, e os dois times que somarem mais pontos na classificação geral garantem o acesso à elite e disputam a taça da Segundona. Além disso, as duas equipes com as piores campanhas serão rebaixadas.


POR: LUIZ MENDES – ESPORTE SC

SIGA AS REDES SOCIAIS DA RÁDIO EDUCADORA: INSTAGRAMFACEBOOKYOUTUBE E SOUNDCLOUD.
PUBLICIDADE