08/01/2021 10h48

Na ponta do lápis! Veja meta de pontos para Chape e América-MG na luta pelo título da Série B

Empatados com 63, clubes protagonizam disputa pela primeira posição na Segundona

PUBLICIDADE
Foto: Arte/ge

Foto: Arte/ge

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Restam seis rodadas para o fim da Série B do Brasileiro, e América-MG e Chapecoense protagonizam a luta pelo título da competição. Empatados com 63 pontos – os mineiros levam vantagem no número de vitórias – os dois clubes praticamente garantiram uma vaga na Série A de 2021 e aguardam apenas a definição matemática.

 

A matemática e o histórico da competição também ajudam os clubes a definirem uma meta para a reta final da competição. O América-MG, por exemplo, depende apenas de si para conquistar o tricampeonato. Já a Chape precisa de um tropeço dos mineiros para colocar a taça pela primeira vez em sua galeria.

 

 

matematica-america-mg-e-chapecoense

Desde que a Série B passou a ser disputada por 20 clubes no sistema de pontos corridos, em 2006, o máximo de pontos que o vice-líder alcançou foi 73, com o Criciúma, em 2012. Naquela edição, o Goiás foi campeão com 79 pontos.

 

Diante deste dado, os clubes precisam somar 11 pontos dos 18 que ainda estão em disputa. Isso representa três vitórias e dois empates nos seis jogos restantes.

 

De acordo com levantamento do Espião Estatístico do ge*, a média de pontuação dos campeões brasileiros desde 2006 é de 75 pontos.

 

Disputa acirrada

 

Apenas uma vez na história dos pontos corridos da Série B dois clubes chegaram aos fim da 32ª rodada empatados. Foi em 2006, quando Atlético-MG e Sport somaram 57 pontos. O Galo levou a melhor na reta final, chegou aos 71 e foi campeão. O Leão da Ilha do Retiro finalizou a competição com 64 pontos, na segunda colocação.

 

Nos confrontos diretos, América-MG e Chapecoense empataram duas vezes — Foto: Mourão Panda / América-MG

Nos confrontos diretos, América-MG e Chapecoense empataram duas vezes (Foto: Mourão Panda / América-MG)

 

Campeão com mais e menos pontos

 

No período, o Corinthians detém o recorde de pontos. Em 2008, o Timão levantou a taça com 85 pontos somados. Na 32ª rodada, o clube já tinha 70 pontos e uma vantagem de 11 para o vice-líder Avaí.

 

Já o campeão com menor pontuação é o Coritiba. Em 2006, o Coxa levantou a taça com 69 pontos – o único campeão que não chegou na casa dos 70. Na 32ª rodada os paranaenses tinham 61 pontos, com nove de vantagem para o Ipatinga, segundo colocado. Ao final da Série B a diferença caiu para apenas dois pontos.

 

matematica-america-mg-e-chapecoense


FONTE: GLOBO ESPORTE
 
*Com informações do Espião Estatístico. A equipe é formada por: Bruno Saldanha, Caio Carvalho, Guilherme Maniaudet, Guilherme Marçal, Leandro Silva, Roberto Maleson e Valmir Storti.

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE