20/02/2021 09h48 - Atualizado em 20/02/2021 10h14

Metropolitano chega ao Estadual marcado por incógnitas

Após garantir o acesso à elite catarinense, clube passou por momentos de indefinição fora das quatro linhas e elenco começou a ser montado no início do mês

PUBLICIDADE
Metropolitano prepara-se para o Catarinense 2021 (Foto: Arte NSC)

Metropolitano prepara-se para o Catarinense 2021 (Foto: Arte NSC)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O Metropolitano viveu um ano estranho em 2020. Apesar de ter subido da Série B para a Série A do Catarinense, o time poucas vezes empolgou. O acesso veio com uma derrota para o Hercílio Luz com gols no fim do jogo e que, por pouco, não mantiveram o clube na Segunda Divisão. Para piorar, o Verdão de Blumenau teve de mandar os jogos em Ibirama, já que o Sesi não alugará mais a estrutura por determinação nacional.

 

A inconstância respingou também na montagem do elenco. A eleição para a presidência do clube – que elegeu Valdair Matias para um novo mandato – demorou, o que motivou uma espera para a formação do time. O gestor do futebol profissional do clube, André Santos (ex-Figueirense, Corinthians, Flamengo e Seleção Brasileira), queria garantias administrativas para começar a trazer jogadores, o que só ocorreu no início de fevereiro.

 

A maior contratação, até agora, ficará à beira do campo: ex-técnico do Corinthians, Dyego Coelho, que estava no Sub-20 do Timão, será o comandante do Metrô. Dos reforços trazidos até agora, muitos desconhecidos. O goleiro Dida foi repatriado e a diretoria ainda trouxe o atacante Ebere, ex-Fluminense de Joinville e que foi campeão mundial Sub-17 com a Nigéria em 2015.

 

Destaque:

 

Dyego Coelho, técnico

  

catarinense-2021-metropolitano-destaque-dyego-coelho

Ex-técnico do Corinthians, Dyego Coelho, que estava no Sub-20 do Timão, será o responsável por comandar o Metrô no Estadual (Foto: Allan Calisto, Folhapress)


Time base:

 

Dida; Ramon, Arthur Minota, Brendo e Felipinho; Roberto, Eduardo Meurer, Thomaz Carvalho e Vitinho; Yuri Martins e Ebere.

 

Confira como os outros participantes do Estadual estão se preparando:

 

> Avaí aposta na sequência do trabalho para brigar pelo titulo

> Brusque quer mostrar que é a nova força do futebol de SC

> Chapecoense chega como favorita a levantar mais uma taça

> Concórdia aposta no entrosamento e ritmo de jogo para surpreender

> Criciúma aposta no técnico Hemerson Maria para os objetivos da temporada

> Momento é de reconstrução no Figueirense

> De volta à elite estadual, Hercílio Luz busca a permanência

> Joinville quer recuperar a confiança do torcedor tricolor

> Juventus espera surpreender novamente

> Marcílio Dias tenta melhorar desempenho da temporada anterior

> Paulo Baier lidera o Próspera no retorno à elite do Estado


POR: AUGUSTO ITTNER – JORNAL DE SANTA CATARINA /  NSC TOTAL

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.  

PUBLICIDADE