03/06/2020 15h50

Juca: “Aqueles 7 minutos do 2º tempo… se não é o Neuer, o Brasil vira”

O SporTV reprisou, no último domingo (31), a fatídica semifinal da Copa do Mundo de 2014

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

O SporTV reprisou, no último domingo (31), a fatídica semifinal da Copa do Mundo de 2014, entre Brasil e Alemanha, o 7 a 1, dando a oportunidade para quem não viu pela TV poder conferir em detalhes como foi o jogo histórico em pleno Mineirão, em Belo Horizonte.

 

No podcast Posse de Bola #35, o jornalista Juca Kfouri revela que se dispôs a conferir o jogo e usa de um tom irônico para citar injustiça com o técnico Luiz Felipe Scolari, ao abordar as chances criadas no início do segundo tempo, quando o Brasil já perdia por 5 a 0.

 

“É uma injustiça com o Felipão, cheguei à conclusão definitiva ao rever o jogo nos seus 90 minutos, fiz esse sacrifício. Porque o 7 a 1, houve os quatro gols em seis minutos, sim, sem dúvida, um apagão. Mas os 7 minutos iniciais do segundo tempo, por muito pouco, como disse o Felipão ainda no gramado do Mineirão aquele dia, por muito pouco o Brasil não fez três gols nos 7 minutos”, diz Juca.

 

“Seria 5 a 3, eu queria ver os alemães resistirem à brava torcida brasileira cantando ‘sou brasileiro com muito orgulho, com muito amor’, se não iríamos virar aquele jogo. E dane-se a compactação, dane-se os espaços que os alemães puderam aproveitar, porque aqueles 7 minutos iniciais do segundo tempo do Brasil foram fabulosos. Se não é o Neuer, o Brasil teria virado aquele jogo e isso nunca ninguém disse”, completa o colunista do UOL.

PUBLICIDADE