11/01/2021 15h39

Fim da novela: Metropolitano fecha acordo e vai mandar jogos do Catarinense em Ibirama

Clube iria jogar em Florianópolis, mas recuou da ideia para manter a proximidade com o torcedor

PUBLICIDADE
Recepção e campanha de 2020 pesaram na decisão do Metrô em mandar suas partidas em Ibirama (Foto: Giovanni Silva, Divulgação, BD)

Recepção e campanha de 2020 pesaram na decisão do Metrô em mandar suas partidas em Ibirama (Foto: Giovanni Silva, Divulgação, BD)

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O presidente do Metropolitano, Valdair Matias, confirmou em entrevista na última sexta (08) à volta do Metropolitano para a cidade de Ibirama, ou melhor, não vai sair da cidade. O Clube chegou a anunciar que mandaria os jogos no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, em parceria com Avaí pois a estrutura em Ibirama não atendia as exigências da Federação Catarinense de Futebol. Seria necessário fazer a troca do gramado e o sistema automatizado de irrigação.

 

Após reunião com o gestor do Atlético de Ibirama, Giovane Nunes, e demais gestores da equipe do Alto Vale, as partes chegaram a um novo acordo. Na reunião o Metropolitano acertou um contrato de utilização do Estádio da Baixada pelo período de cinco anos. O Clube Atlético de Ibirama não vai cobrar o aluguel do Estádio pelo período, onde o Metropolitano ficará responsável pelas adequações do Estádio para participação na Série A do Estadual.

 

Segundo o presidente do Metropolitano, Valdair Matias, o clube recebeu um orçamento de R$ 367 mil reais para troca do gramado e sistema de irrigação. Após as tratativas entre Metropolitano, Ibirama e empresa responsável o valor final da obra será de R$ 218 mil reais. A diferença do primeiro preço apresentado ficou justamente pela participação do Atlético de Ibirama que fará a disponibilização por parte do Grupo de Empresas Marquetti de todo o maquinário necessário para a obra.

 

Na próxima terça-feira (12) as máquinas iniciam a retirada do gramado da Baixada. A empresa solicitou um prazo de 30 dias para o campo voltar a ser usado após a implantação de todo novo sistema.


FONTE: RÁDIO NEREU RAMOS

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE