25/02/2021 08h52

Brusque vence clássico do Vale contra o Marcílio Dias na abertura do Catarinense

Partida foi o pontapé inicial do campeonato

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Lucas Gabriel Cardoso / Brusque FC

Foto: Lucas Gabriel Cardoso / Brusque FC

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Na noite desta quarta-feira (24), o Brusque venceu o Marcílio Dias por 2 a 1 e estreou com o pé direito no Campeonato Catarinense. Os gols do Bruscão foram marcados por Thiago Alagoano, aos 13 do primeiro tempo, de pênalti e por Marco Antônio, aos 47 do primeiro tempo. O gol do Marinheiro foi marcado por Zé Vitor, aos 39 do segundo tempo.

 

Jogando em casa, o time de Itajaí começou a partida tomando a iniciativa nas ações da partida, com mais volume de jogo, mas sem oferecer perigo efetivo à meta do goleiro Ruan Carneiro. Aos 13, Maurício Garcez apareceu de frente para Júnior Belliato, que não teve outra opção a não ser derrubar o atacante do Bruscão. O árbitro não titubeou ao assinalar pênalti. Na cobrança, Thiago Alagoano deslocou o arqueiro do Marcílio e abriu o placar para o Quadricolor em Itajaí. 

 

O gol animou o Brusque, que equilibrou a partida e começou a sair mais para o jogo. Prova disso foi o lance aos 21. Garcez encontrou Thiago Alagoano livre pela esquerda. O camisa 10 bateu rasteiro no canto de Belliato, mas o goleiro do Marcílio fez grande defesa com a ponta dos dedos. 

 

O Quadricolor passou então a dominar as ações da partida. Levando perigo pelos flancos do gramado na parte ofensiva. O jogo ficou truncado, até que aos 40, Marco Antônio arriscou da entrada da área e levou perigo ao gol do Marcílio Dias. A bola passou raspando o arco rival. 

 

Aos 47, já no fim da primeira etapa, Toty cruzou para o meio da área e Marco Antônio balançou as redes do Marinheiro pela segunda vez. Ele bateu no canto esquerdo de Belliato e ampliou a vantagem, mandando o Bruscão para o vestiário com uma vantagem de dois gols. 

 

Segunda etapa

 

O Marinheiro voltou tentando diminuir a desvantagem no placar, mas esbarrava na pouca inspiração de seu setor ofensivo e a eficiente marcação do Brusque. 

 

Aos 9, Toty recebeu passe em profundidade de Rodolfo Potiguar e jogou por cima de Belliato. Por pouco, o Bruscão não fez o terceiro na partida. 

 

Aos 17, Airton levantou na área com efeito e Claudinho raspou na bola com a cabeça, mas a bola passou ao lado direito do gol do Marcílio. Um minuto depois, o clube de Itajaí respondeu com Adriano Paulista, chutando com perigo, mas não acertando o gol do Brusque. 

 

O rubro-anil voltou a chegar com perigo aos 26. Daniel Pereira arriscou de fora da área, mas Ruan Carneiro fez a defesa com segurança no centro do gol. 

 

Aos 36, de novo com dificuldades de chegar a área do Brusque, a equipe de Itajaí tentou de novo de longa distância, mas o chute saiu torto. 

 

O Marinheiro chegou ao gol aos 39, Rodolfo Potiguar perdeu a bola para Zé Vitor na entrada da área. O camisa 9 do time de Itajaí bateu entre as pernas de Ruan Carneiro e descontou. 

 

O Marcílio passou a pressionar o Bruscão no final do jogo. Aos 43, Zé Vitor bateu por cima do gol. 

 

Aos 47, no contra ataque puxado por Thiago Alagoano, Edílson teve a chance de fazer o terceiro, mas Belliato defendeu. 

 

O Marinheiro não teve mais forças para buscar o empate e o Bruscão somou os três primeiros pontos no estadual. O próximo jogo do Brusque será no domingo (28), no clássico contra o Metropolitano, às 19h, no Augusto Bauer. 

 

Marcílio Dias (1) – Júnior Belliato, Weriton, Luan, Magrão e Paulinho; Daniel Pereira, Diego Silva (Luiz Renan) e Adriano Paulista (Zé Vitor); Gustavo Henrique (Batista), Nathan (Alessandro Lucas) e David Batista. Técnico: Teco

 

Brusque (2) – Ruan Carneiro, Toty, Everton Alemão, Claudinho e Airton; Rodolfo Potiguar, Nonato (Tinga) e Thiago Alagoano; Marco Antônio (Edílson), Bruno Alves (Bruno Mota) e Garcez (Fio). Técnico: Jersinho


FONTE: RÁDIO CIDADE

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui. 

 

PUBLICIDADE