14/06/2021 11h46 - Atualizado em 14/06/2021 12h17

Brasil vence Venezuela por 3×0 em jogo de estreia da Copa América

Com a vitória, o Brasil é líder do Grupo B da Copa América com três pontos

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

PUBLICIDADE
Delta Ativa

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

CLIQUE AQUI

 

O Brasil abriu a Copa América com o pé direito. Com o pé direito de Neymar – e o esquerdo. Neste domingo (13), no estádio Mané Garrincha, a Canarinho dominou a Venezuela e contou com boa atuação do camisa 10, que participou de todos os gols da partida, marcados pelo zagueiro Marquinhos, pelo próprio Neymar e também por Gabigol, com assistência do craque da seleção. A vitória por 3×0 da seleção brasileira teve transmissão do SBT. 

 

Com a vitória, o Brasil é líder do Grupo B da Copa América com três pontos. 

 

Vitória parcial tem Neymar como protagonista

 

Tite levou o Brasil a campo em um 4-3-3, que se transformava em um 2-3-5 quando a seleção se estabelecia no ataque – Paquetá, pela direita, e Lodi, pela esquerda, se juntavam aos atacantes na linha ofensiva. Com a Venezuela em um 5-4-1, a seleção teve dificuldades nos primeiros minutos. Aos nove, no entanto, Neymar partiu para cima da Vinho Tinto e encontrou Richarlison na área, que acabou finalizando de forma atrapalhada. Na sequência, Militão, sozinho, finalizou para fora de cabeça.

 

Neymar seguiu sendo o principal jogador brasileiro no primeiro tempo. O camisa 10 criou mais duas situações, quando finalizou de fora da área e ganhou escanteio. Na sobra da cobrança, Danilo testou o goleiro Graterol. E a bola parada parecia ser o melhor caminho para os brasileiros. Em novo escanteio cobrado por Neymar, Marquinhos aproveitou o desvio de Richarlison, ganhou da defesa venezuelana e mandou para as redes de Graterol.

 

Os minutos seguintes renderiam ainda mais um momento importante à seleção brasileira. Renan Lodi encontrou Richarlison na área em cruzamento certeiro, mas o camisa sete do Brasil estava impedido e teve gol corretamente anulado. Neymar, em boa primeira etapa, arrancou tinta trave quando foi lançado por Militão, em momento que a Canarinho dominava totalmente a Venezuela. Apesar do domínio, a seleção baixou o ritmo até o fim do primeiro tempo.

 

Brasil confirma vitória com mais participações de Neymar

 

A seleção voltou para a segunda etapa com Everton Ribeiro e Alex Sandro nas vagas de Paquetá e Lodi. A primeira chance brasileira na etapa final aconteceu quando Gabriel Jesus tabelou com Everton Ribeiro pela direita e bateu forte para pequena área. Neymar tentou desviar na segunda trave, mas a velocidade da bola impediu o gol do camisa 10. Pouco depois, Neymar encontrou Richarlison em boa situação, mas o camisa sete demorou para finalizar e, quando conseguiu, não acertou em cheio.

 

Com o passar da segunda etapa, a Canarinho ganhou mais dinâmica pela atuação de Everton Ribeiro. Foi do camisa onze o passe que colocou Danilo em boa situação após tabela com o lateral, que foi derrubado na área por Cumaná. Na cobrança de pênalti, Neymar deslocou Graterol e bateu com segurança no canto esquerdo do goleiro. Em desvantagem maior, os venezuelanos aos poucos foram se desorganizando e cedendo mais espaços ao Brasil.

 

E não demorou muito para os comandados de Tite aproveitarem os espaços. Em duas jogadas na reta final, Neymar e Gabigol levaram perigo ao gol defendido por Graterol. Na primeira rodada, o camisa 10 da seleção quase marcou o terceiro. Na segunda, porém, Neymar deixou o goleiro venezuelano para trás e só serviu Gabigol, que escorou de peito para fechar a partida.

 

Agenda da seleção brasileira

 

Agora, o próximo compromisso do Brasil na Copa América é contra o Peru, na próxima quinta-feira (17), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. A partida será válida pela segunda rodada do Grupo B da competição continental.


FONTE: SBT NEWS / VIA: SCC10

SIGA AS REDES SOCIAIS DA RÁDIO EDUCADORA: INSTAGRAMFACEBOOKYOUTUBE E SOUNDCLOUD.
PUBLICIDADE