07/05/2020 15h49

Sertanejos atacam Deputado que colocou emenda contra direito autoral em projeto de Covid

Felipe Carreras sugeriu mudança nas regras de eventos e serviços culturais

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

O deputado Felipe Carreras despertou a ira de boa parte dos artistas da música, da dupla sertaneja Guilherme & Benuto a Caetano Veloso, ao tentar colocar um jabuti contra os direitos autorais numa medida provisória sobre Covid-19.

 

Dono de casa de shows, Carreras apresentou uma emenda à medida provisória 948, que muda as regras de cancelamento de serviços, de reservas e de eventos dos setores de turismo e cultura em razão do estado de calamidade pública.

 

Segundo a emenda, somente o intérprete poderá pagar o direito autoral de músicas executadas em eventos”, ou seja, isentando o pagamento por parte dos realizadores dos eventos.

 

A Procure Saber, liderada pela produtora Paula Lavigne, acusou o deputado de defender seus próprios interesses.

 

“Os direitos autorais dos autores e compositores brasileiros e de seus colegas do mundo inteiro estão ameaçados pelos violentos ataques promovidos pelo deputado Felipe Carreras, por razões de seu  interesse pessoal e em benefício de promotores de eventos que obtêm altos lucros  em suas  atividades comerciais”, diz carta divulgada pela associação que representa parte dos autores.

 

Já artistas como as duplas sertanejas Maria Cecilia & Rodolfo e Guilherme & Benuto compartilharam uma carta aberta Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape).

 

“Vá cuidar de coisas mais urgentes para a população. Esse seu ato prejudica muito mais os pequenos compositores que tanto precisam desse dinheiro num momento como esse”, afirma o comunicado.

 

Fonte: Epoca

PUBLICIDADE