30/07/2020 09h47

Série Grey’s Anatomy vai abordar o Coronavírus em sua 17ª temporada

Produtora executiva revela detalhes da nova leva de episódios

PUBLICIDADE
Fonte: Na Telinha

Fonte: Na Telinha

PUBLICIDADE
Delta Ativa

A série Grey’s Anatomy, que é exibida pelo Sony Channel no Brasil, vai abordar a pandemia do coronavírus em sua 17ª temporada. As gravações, inclusive, não começaram devido às medidas preventivas adotadas para evitar o contágio da doença.

 

Em entrevista ao site Entertainment Weekly, Krista Vernoff, produtora executiva da atração, revelou que os personagens do fictício Hospital Grey Sloan Memorial irão enfrentar a Covid-19. “Vamos abordar essa pandemia com certeza”, disse.

 

Em outro momento, a profissional ainda destacou que é um tema que não tem como fugir da história. “Não há como ser um programa médico de longa duração e não trazer a história médica de nossas vidas”, concluiu.

 

Preparação de nova temporada de Grey’s Anatomy

 

Os roteiristas já estão trabalhando na preparação da nova temporada. E nesse período de isolamento, eles têm conversado com médicos da vida real, que compartilharam suas histórias sobre a pandemia.

 

“Todos os anos, os médicos vêm nos contar suas histórias, e geralmente eles contam suas histórias mais engraçadas ou loucas. Este ano, parece mais uma terapia”, explicou. “Os médicos entram e somos as primeiras pessoas com quem estão conversando sobre esses tipos de experiências. Eles estão literalmente tremendo e tentando não chorar, estão pálidos e estão falando sobre isso como guerra – uma guerra para a qual eles não foram treinados”, disse.

 

Krista contou que tem sido doloroso ouvir sobre o sofrimento que tanto os profissionais da saúde quanto os pacientes estão enfrentando nesse novo normal.

 

A série Grey’s Anatomy começou a ser exibida em 2005 e devido ao sucesso mundial, segue no ar até hoje, mesmo com as várias renovações no elenco durante todos esses anos.

 

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar AQUI.

PUBLICIDADE