07/09/2020 11h40

Há cinco anos, Record fazia história e assombrava a Globo com Os Dez Mandamentos

Novela bíblica entrou para a história da dramaturgia

PUBLICIDADE
Assistência Familiar Alto Vale
Fonte: Na Telinha

Fonte: Na Telinha

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Exibida entre março e novembro de 2015, Os Dez Mandamentos fez história na Record, com texto de Vivian de Oliveira e direção de Alexandre Avancini. Sem um grande sucesso para balançar a Globo desde 2008, a emissora apostava em um filão que conseguia desempenhar com competência havia cinco anos.

 

No entanto, desta vez a Record ousava com a novidade de adequar a construção do formato bíblico para as telenovelas, o que era tido como ambicioso e desafiador.

 

Com 176 capítulos orçados em cerca de R$ 700 mil cada, Os Dez Mandamentos tinha a missão de fazer com que a dramaturgia da emissora voltasse à casa dos dois dígitos de audiência na Grande São Paulo, o que não ocorria desde 2012 com o fim de Vidas em Jogo.

 

Já em seu primeiro capítulo, a novela bíblica conseguiu registrar 12 pontos, o que poderia ser comemorado. Afinal, a briga contra o SBT foi reacendida, que vinha há três anos fazendo sucesso com novelas infantis. Mas o que viria a seguir seria espetacular. Ao longo de sua trajetória, a audiência decolou e com o fim de Babilônia e início de A Regra do Jogo, o que se viu entrou para a história.

 

Os Dez Mandamentos emplacou uma série de vitórias no prime-time e contra dois dos principais produtos da Globo: o Jornal Nacional e a novela das nove. A abertura do Mar Vermelho atingiu 31 pontos de pico na Grande São Paulo e 36 no Rio de Janeiro, na liderança isolada.

 

Os Dez Mandamentos e o preconceito com tramas bíblicas

 

Questionada pelo jornal O Estado de São Paulo em julho de 2015 se havia preconceito com as tramas bíblicas da Record, a autora Vivian de Oliveira foi enfática: “Só sei que muita gente que não assistia à Record está assistindo. O retorno tem sido positivo. No começo teve um preconceito até por parte dos atores, mas depois todo mundo viu que era dramaturgia. Hoje, quem está fora quer fazer parte”.

 

O público, de fato, abraçou a Record e até aquilo que poderia afastá-lo não ocorreu, como o nome pouco comum dos personagens, como Henutmire, Apuki, Aoliabe, Gahiji, Zelofaede, dentre outros.

 

Globo tentou barrar Record, sem sucesso

 

A crescente audiência de Os Dez Mandamentos fez com que a Globo tentasse utilizar artilharia pesada contra a concorrente, sem sucesso.

 

A Regra do Jogo estreou em 31 de agosto de 2015, e a Globo tentava ali espichar o JN em até quase 20 minutos. O canal carioca dizia que a duração do seu principal jornal variava de acordo com notícias, encaixes comerciais e ajustes na grade.

 

Conforme os capítulos foram passados, a Record destilava seus efeitos especiais e assistia de camarote sua audiência aumentar. O auge ocorreu em 10 de novembro: 28 pontos de média com a abertura do Mar Vermelho.

 

A novela terminou e a Record quis aproveitar até a última gota do seu sucesso: encomendou uma segunda temporada para o ano seguinte, já sem o mesmo êxito, e também lançou um filme.

 

Participe de um dos nossos grupos no WhatsApp e receba diariamente as principais notícias do Portal da Educadora. É só clicar aqui.

PUBLICIDADE