04/10/2019 09h55 - Atualizado em 04/10/2019 08h48

Caixa de loja no Japão memorizou dados de 1300 cartões de crédito

Apesar disso, ele não planejou muito bem suas ações

PUBLICIDADE
HypeScience

HypeScience

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Yusuke Taniguchi, um caixa de loja de shopping na cidade de Koto (Japão), nasceu com uma memória muito impressionante. Ele conseguiu decorar os dados de cartões de crédito de 1300 clientes ao olhá-los por poucos segundos.

 

Ainda não se sabe se ele tem memória fotográfica, que permite à pessoa lembrar de detalhes mínimos mesmo meses depois dos eventos, ou se ele tem uma ótima memória que dura apenas alguns minutos. Taniguchi manteve um caderno com essas informações anotadas, então é possível que sua supermemória seja temporária.

 

De acordo com a SoraNews 24, a polícia afirmou que Taniguichi admitiu usar as informações fraudulentas para comprar produtos que depois eram vendidos em lojas de penhores. Com este dinheiro, o homem de 34 anos pagava suas contas.

 

Apesar de ter uma capacidade mental acima da média para se lembrar de números, ele não planejou muito bem suas ações. Além de manter o caderno que o incriminou, ele também mandava os produtos serem entregues diretamente em seu apartamento. Foi assim que a polícia o encontrou, depois de investigar rapidamente a compra de duas bolsas pelo valor de US$2.500.

 

Poucas pessoas têm esta habilidade de lembrar de tantas informações obtidas em um piscar de olhos, mas este é um alerta para que você sempre se lembrar de checar o seu histórico de compras e tomar muito cuidado onde guarda seu cartão de crédito e não deixar que ele saia de sua vista na hora do pagamento. [Gizmodo]

PUBLICIDADE