09/07/2019 16h10 - Atualizado em 09/07/2019 15h41

Taió consulta TCE sobre repasse para Sala de Tomografia

O objetivo foi buscar uma solução para o impasse

PUBLICIDADE
Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE
Delta Ativa

O prefeito de Taió, Almir Reni Guski se reuniu com representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE), para tratar do repasse financeiro do Município que viabilize a construção da Sala de Tomografia e Densitometria Óssea, no Hospital e Maternidade Dona Lisette.

 

O encontro foi realizado nesta segunda-feira (08), em Florianópolis, por intermédio do deputado estadual Jerry Comper. Na reunião o prefeito esteve acompanhado da secretária municipal de Saúde, Rozi de Souza, do advogado do Município, Cleonir Matteucci e do vereador Klaus Dieter Diel.

 

O objetivo foi buscar uma solução para um impasse que impedia a transferência de recursos públicos para a entidade filantrópica que gerencia o hospital. O Município busca uma saída legal para que a estrutura seja construída com recursos públicos e possa beneficiar toda a população taioense. A solução apontada foi a construção da sala em um terreno que esteja em nome do hospital, e não em nome da Comunidade Evangélica, que é a entidade responsável pelo hospital.

 

O prefeito considerou a reunião produtiva e disse que vai avaliar a alternativa viável, para que a estrutura saia do papel. “O terreno fica ao lado do hospital, não é anexo a unidade como gostaríamos, mas é uma solução legal, viável e que evita impasses que possam inviabilizar essa sala, ou até mesmo barrar a construção durante a execução da obra”, declarou Guski.

 

O Município agora analisa a opção sugerida, para dar os encaminhamentos necessários e projetar a estrutura.

PUBLICIDADE