05/01/2020 17h36 - Atualizado em 03/01/2020 10h37

Prazo para alistamento militar já começou

Jovens do sexo masculino que completam 18 anos em 2020 têm até o dia 30 de junho para executar o procedimento

PUBLICIDADE
Prazo para alistamento militar começa nesta semana | Foto: Ministério da Defesa

Prazo para alistamento militar começa nesta semana | Foto: Ministério da Defesa

PUBLICIDADE
Delta Ativa

Na última quarta-feira (1º), teve início o prazo para realizar o alistamento militar online. Para executar o procedimento, basta acessar o site www.alistamento.eb.mil.br com o número do CPF e preencher o formulário para validação dos dados pessoais.

 

Quem não tiver facilidade de acesso à internet ou caso o jovem não tenha CPF, ele deve ir à Junta de Serviço Militar levando em mãos a certidão de nascimento ou carteira de identidade ou de motorista e o comprovante de residência.

 

O coordenador da Seção de Serviço Militar do Ministério da Defesa (MD), Coronel Fernando Penasso, dá exemplos de impedimentos que podem ocorrer com quem não regularizar a sua situação. “Ele não poderá tirar passaporte, prestar exame para estabelecimento de ensino, tirar carteira de trabalho, ingressar no serviço público ou na iniciativa privada”, exemplificou.

 

Quem perder o prazo para realizar o procedimento poderá regularizar a situação no próprio site do alistamento ou comparecendo à Junta de Serviço Militar, mas o atraso implicará no pagamento de multa. O alistamento militar é obrigatório e deve ser feito no ano que jovem completa 18 anos.

 

Em 2020, a expectativa do Ministério da Defesa é que quase 2 milhões de jovens realizem o alistamento. Destes, 100 mil devem ser incorporados para trabalhar em organizações militares da Marinha, do Exército ou da Aeronáutica.

 

Leandro de Souza Xavier, mora no Distrito Federal e completa 18 anos agora em 2020.  “Eu vou fazer o alistamento pela internet porque é muito mais prático”, considera o jovem.

 

O Serviço Militar Obrigatório tem a duração de um ano. Para mais informações, acesse o site do Ministério da Defesa

 

 

Com informações do Ministério da Defesa. 

PUBLICIDADE