20/04/2017 10h29

Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira a maior operação já realizada contra facção criminosa atuante em Santa Catarina

Participam da Operação 200 policiais civis

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Delta Ativa

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Repressão ao Crime Organizado da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, deflagra nesta quinta-feira, 20, operação visando o cumprimento de 112 mandados de prisão e 40 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Florianópolis, São José, Balneário Camboriú, Itajaí, Joinville, Araquari e Laguna.

 

A operação coordenada pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco), da Diretoria Estadual de Investigação (Deic) de Santa Catarina é a maior ofensiva já realizada pela Polícia Civil contra a facção criminosa atuante em Santa Catarina e com ramificações em outros estados da federação, envolvida em crimes de roubo, tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores, homicídio, estelionato, lavagem de dinheiro e porte/posse/comércio de armas de fogo/munições.

 

As investigações vêm sendo realizadas há aproximadamente cinco meses, período em que 11 membros da facção foram presos nas cidades de Florianópolis, Joinville, Navegantes, Balneário Camboriú e Chapecó. Também identificou as principais lideranças dessa organização criminosa atuantes dentro e fora do sistema prisional de Santa Catarina, as quais são alvos das medidas judiciais.

 

Participam da Operação 200 policiais civis da DEIC, DPGF, DIPC, SAER, DIC Laguna, DIC e 2ª DRP Joinville, DIC e SIC/Dpco de Balneário Camboriú, DIC de Itajaí e integrantes da DINI.

 

 

Clarissa Margotti

PUBLICIDADE